Cultura

Foto: Divulgação Irma Galhardo incentiva o contato dos estudantes com a cultura da região por meio de histórias como a Lenda da Buiúna Irma Galhardo incentiva o contato dos estudantes com a cultura da região por meio de histórias como a Lenda da Buiúna

A escritora Irma Galhardo está percorrendo o estado com a ‘Caravana de Lendas do Tocantins’. Ao todo, escolas públicas de 30 cidades receberão o projeto aprovado pela seleção pública Amazônia Cultural e que tem como objetivo promover o contato dos estudantes com livros que registrem a própria cultura; além registrar as expressões literárias regionais.

Por meio do projeto, Irma Galhardo irá percorrer as cidades de Tocantínia, Rio Sono, Monte do Carmo, Ipueiras, Mateiros, Barrolândia, Aparecida do Rio Negro, Silvanópolis, Novo Acordo, Monte Santo, Dois Irmãos, Pugmil, Rio dos Bois, Nova Rosalândia, Lajeado, Miranorte, Porto Nacional, Miracema, Brejinho de Nazaré, Pequizeiro, Chapada de Areia, Colinas, Ponte Alta do Tocantins, Santa Tereza do Tocantins, Divinópolis, Paraíso, Santa Rosa, Oliveira de Fátima, Pedro Afonso e Abreulândia. As visitas aos municípios tiveram início no último domingo, 9, e seguem pelos próximos quatro meses.

Em cada local, a Caravana de Lendas promove atividades diversas, como contação de história, oficinas de produção de cordel, distribuição de livros, plantio de árvores e promoção cultural para as crianças e jovens.

Para a escritora, o projeto ajuda a promover a interação dos jovens com os livros. “Em cada cidade iremos produzir um cordel durante as oficinas com temáticas sobre a cultura tocantinense e, no final, vamos reunir todos os cordéis para a produção de um livro, com previsão para lançar no Salão de Paris”, explicou.

Próxima etapa

Após a visita aos municípios, será realizado um festival de ‘Causos’ na cidade de Lajeado, com concursos, premiações, oficinas, shows e gincana, promovendo uma interação entre artistas, estudantes e a comunidade. 

Sobre a escritora

Irma Galhardo é autora de cinco livros sobre a cultura tocantinense. Com especialização sobre a História da África e do Negro no Brasil, a escritora ministra oficinas de técnicas de contação de história para professores e já participou de diversos eventos literários, incluindo feiras no exterior. (Ascom Seduc)