Campo

Foto: Juliano Ribeiro

Uma produção de 4,5% a 11,4% maior do que a da safra 2013/14, é o que aponta o segundo levantamento de intenção de plantio de grãos para a safra 2014/15. A estimativa foi realizada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), de 20 a 25 de outubro.

De acordo com o levantamento, a produção de grãos da próxima safra poderá variar de 3.515,34 mil toneladas, o que representa um aumento de 4,5%, a 3.748,96 mil toneladas, ou seja, um acréscimo de 11,4%. Dentre as culturas levantadas, a que aponta o maior aumento é o feijão, que poderá crescer até 19,5%, chegando a 21,41 mil toneladas.

Para a soja, que na safra 2013/14 alcançou 2.059,09 mil toneladas, estima-se um crescimento de até 14,8%, podendo atingir uma produção de 2.364,19 mil toneladas do grão. Já o arroz, das 543,66 mil toneladas produzidas na última safra, poderá chegar a 594,72, representando um aumento de 9,4%.

O engenheiro agrônomo da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro), Genebaldo Queiroz, lembra que embora o prognóstico esteja dentro do previsto, como o plantio da soja (sequeiro), do arroz e das primeiras safras de feijão e milho ocorre até o mês de dezembro, a estimativa ainda poderá contar com variações. “Não podemos deixar de considerar fatores que influenciam os produtores. Não só o clima, mas o preço de mercado é um determinante para o plantio”, ressaltou.

Área

O segundo levantamento de intenção de plantio de grãos para a safra 2014/15 mostra, ainda, que além da produção, a área plantada também deverá crescer, podendo chegar a 1.162,55 mil hectares, o que significa um aumento de até 9,5%. O produto que apresentou maior crescimento de área foi a soja, que pode chegar aos 838,11 mil hectares de área plantada, um acréscimo de 12,0%, se comparada com a última safra quando foram cultivados 748,46 ha.(Ascom Seagro)