Geral

Foto: Divulgação

Desde a última terça feira, 11, os moradores do Jardim Taquari na região Sul de Palmas estão recebendo atenção especial através do projeto “Resolve Taquari”, onde a Prefeitura da Capital montou uma central de atendimento integrado na feira coberta do setor, com a participação dos principais órgãos do município, como: Secretaria de Finanças, Procuradoria Geral, Secretaria de Desenvolvimento Urbano Sustentável de Governo e de Integração Social e Defesa do Consumidor. Os atendimentos em Taquari terminam nesta sexta-feira, 14.

O Resolve Taquari é resultado de um projeto ambicioso da administração e é um marco dos investimentos na melhoria do atendimento à população, sendo parte do projeto sustentador Desburocratização e Melhoria do Atendimento ao Cidadão. É um projeto piloto de atendimento integrado, em um único espaço físico, dos usuários dos serviços públicos, sob a coordenação e gestão da Secretaria Municipal de Integração Social e Defesa do Consumidor, tendo como foco obedecer a padrões de qualidade no atendimento e relacionamento com o cidadão.

Segundo o secretário da Integração Social e Defesa do Consumidor, Thiago Andrino, esse mesmo projeto deve nos próximos meses atender outros setores da Capital. “De fato essas ações vêm facilitar a vida do contribuinte e estando perto de casa ameniza o tempo com uma resposta mais rápida sobre as dúvidas e pendências e uma gama maior de pessoas e atendentes”, disse Andrino.    

Entre as principais demandas estão: a regulamentação quanto à documentação relativa às moradias e aos terrenos para o cadastro habitacional para fins de ajuste e inclusão no IPTU Social, como também o cadastro habitacional e alvará de funcionamento.

Situação cadastral

De acordo com o Superintendente da Secretaria de Finanças, Glauber Ayres, a integração no atendimento está facilitando a vida dos moradores do setor, onde existem vários tipos de irregularidades como alguns terrenos que estão ainda em nome do Estado. Ao passar pelo balcão de atendimento da Sefin uma outra equipe é acionada, como a da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, para realizar a vistoria do imóvel e regularizar a situação. “Existem muitas irregularidades que vinham dificultando o contribuinte a ter acesso aos benefícios, como a situação cadastral de lotes em nome do Estado e que deveriam de fato estar em nome do possuidor proprietário, o que inviabilizava a promoção do IPTU Social, entre outros benefícios”, complementou Glauber.

O aposentado José Afonso de Souza, morador do setor, foi em busca de atendimento relacionado à pendência, a regularização da documentação do imóvel onde mora. “Gostei muito da forma como fui atendido, esperei sentado na fila e o atendimento foi rápido, e, melhor ainda, perto de casa”, disse Souza, que não recebia a isenção do IPTU Social por causa documentação.  

Ao final de cada atendimento, o cidadão pode avaliar o serviço nos níveis ótimo, bom, regular e ruim, o que contribui na manutenção da qualidade do atendimento até esta quinta, 13. O atendimento tem recebido notas entre ótimo e bom.

O Resolve Taquari é composto por mais de 60 profissionais treinados e preparados para melhor atender ao cidadão, até esta sexta-feira, 14, e a previsão é atender 2.500 pessoas. (Secom Palmas)

Por: Redação

Tags: Glauber Ayres, Taquari, Thiago Andrino