Polí­cia

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Buriti do Tocantins no extremo norte do Estado, autuou na última semana em flagrante pelo crime de receptação, José V. de M., vulgo “Zé do Cildo”, 70 anos de idade.

De acordo com informações do Delegado Dr. Hélio de Assis, responsável pelo caso, um senhor compareceu a Delegacia de Polícia Civil da cidade informando que uma vaca de dez arrobas de propriedade de sua irmã, havia sido furtada da fazenda da mesma, localizada na zona rural do município de São Sebastião do Tocantins, no dia 11 de novembro e que o animal estaria no matadouro municipal de Buriti prestes a ser abatido.

Imediatamente, os Policiais Civis, juntamente com uma guarnição da Polícia Militar, e a proprietária da vaca, dirigiram-se até o local onde o animal foi encontrado sendo reconhecido por sua dona, pois estava marcado a ferro com as iniciais do nome da proprietária. Os Agentes da PC foram informados que a vaca pertenceria a “Zé do Cildo”, o qual possui um açougue em Buriti.

Os Policiais deslocaram-se até o estabelecimento comercial do homem e lá o indagaram sobre a procedência do animal, tendo o mesmo confirmado que havia comprado a vaca de um outro indivíduo, o qual não soube informar o nome, pela quantia de R$ 880,00 ( Oitocentos e Oitenta Reais). O idoso informou ainda que após o abate, o animal seria comercializado no açougue se sua propriedade.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao indivíduo, tendo o mesmo sido conduzido à Delegacia onde recolheu aos cofres públicos, a quantia de R$ 1448,00 (Mil Quatrocentos e Quarenta e Oito Reais) valor estipulado como fiança, pela autoridade policial. Dessa maneira, José Vicente ganhou o direito de responder ao processo em liberdade. (Ascom SSP)

Por: Redação

Tags: Polícia, Polícia Civil