Polí­cia

Foto: Divulgação

Desde o início desta semana várias mães entraram em contato com o Conexão Tocantins para averiguar se há informações sobre a suposta atuação de uma quadrilha de transplante de órgãos no Estado. Os boatos se espalharam por vários municípios e amedontram muitos moradores.

“Estão falando que é para ter cuidado com as crianças por causa dessa quadrilha que estaria atrás de órgãos”, disse uma enfermeira que trabalha no Hospital Geral de Palmas ao indagar a questão.

Mães de alunos também chegaram a receber recomendações para que redobrem o cuidado com as crianças devido ao temor que se espalhou com relação ao assunto.

No município de Itacajá muitas mães também receberam a informação. Um agente policial da cidade confirmou ao Conexão Tocantins nesta quarta-feira, 19, que realmente a informação circula na cidade e que muitas mães estão com medo. “ Fiquei sabendo mas tranquilizei a população de que não houve nenhum caso de desaparecimento de criança”, disse.

Procurada pelo Conexão Tocantins a Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que não há nenhuma informação em curso sobre tal quadrilha e ainda que está atenta á qualquer fato relacionado ao assunto. Não foi registrado também ocorrência de desaparecimento de crianças, conforme relatam alguns populares.

Por: Redação

Tags: Secretaria de Segurança Pública