Esporte

Foto: Lucas Nascimento O estudante Marcos Vinícius se preparou e vai representar o Tocantins na nataçã O estudante Marcos Vinícius se preparou e vai representar o Tocantins na nataçã
  • Joelmária vai competir nas Paralimpíadas Escolares pela segunda vez
  • Gabriel Dias vai competir no tênis de mesa

Pelo segundo ano consecutivo, a delegação do Tocantins participa das Paralimpíadas Escolares, o maior evento paradesportivo estudantil do Brasil. O embarque da delegação tocantinense para São Paulo, onde será realizada a competição, está previsto para as 11 horas desta segunda-feira, 24. Ao todo, 14 alunos paratletas do Estado vão disputar medalhas no Atletismo, Natação e Tênis de Mesa.

Nas Paralimpíadas Escolares de 2014, realizadas entre os dias 24 e 28 de novembro, 601 alunos paratletas participarão da competição, sendo eles representantes de 25 estados brasileiros [apenas Roraima não terá delegação] e do Distrito Federal; além de uma equipe do Reino Unido, convidada internacional que virá com 13 competidores.

Das sete modalidades em disputa, os 14 alunos paratletas tocantinenses irão disputar três: atletismo, natação e tênis de mesa. As provas serão entre os dias 26 e 27, sendo atletismo pela manhã, no Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães. As disputas da natação serão realizadas na piscina da Escola de Educação Física da Polícia Militar, no período da tarde. Já os confrontos do tênis de mesa se darão nos períodos matutino e vespertino, no Palácio das Convenções do Parque Anhembi.

Chefe de delegação do Tocantins, Keila Cristine Nunes Gonçalves Bezerra acredita em uma boa participação dos tocantinenses no evento, destacando, ainda, o ganho cultural que cada estudante terá. “O foco maior a gente dá na oportunidade que eles estão tendo de conhecer uma nova cultura, interagirem com pessoas diferentes, com sotaques e culturas diferentes, o que é maravilhoso. Ainda tem o fato de que, por lá, eles terão contato com paratletas profissionais, o que pode inspirá-los a querer crescer ainda mais no esporte. Resumindo, posso dizer que estamos ansiosos pelo início da competição e com o pensamento positivo em relação a medalhas e muito aprendizado para todos”, afirmou.

Superação

As Paralimpíadas Escolares têm por finalidade estimular a participação dos estudantes com deficiência física, visual e intelectual em atividades esportivas, promovendo a socialização e a superação dos jovens por meio do esporte.

O estudante Marcos Vinícius Luz Ferreira da Silva sabe bem o que é isso. Após se destacar nos Jogos Estudantis do Tocantins (Jets) ao chegar às finais da competição no futsal como goleiro titular do Centro de Ensino Médio (CEM) Castro Alves, de Palmas, ele agora se aventura na natação. Esta será a primeira participação do paratleta em uma disputa de medalhas na piscina, e em duas provas nobres: 50 e 100 metros livre.

De acordo com o Marcos Vinícius, estrear na modalidade justamente na competição nacional mais importante da categoria é motivo de orgulho para ele, que também se diz confiante. “É muita responsabilidade e, ao mesmo tempo, muito orgulho estrear na natação já representando o meu estado em uma paralimpíada escolar. Eu tive dois meses para me preparar e aprender algumas técnicas. Mas o meu ingrediente surpresa será a minha garra, porque desde os meus seis anos, quando a minha perna parou de se desenvolver, eu sempre quis superar os meus limites e tenho conseguido isto. Por isto eu não me vejo diferente de ninguém e estou confiante de que serei campeão nas Paralimpíadas”, disse o jovem de 17 anos, que possui má-formação na perna esquerda.

Representantes do Tocantins

- Ákila Vitória Pereira Leite, Escola Especial Colibri, de Dianópolis, Atletismo (100 metros, Arremesso de Peso e Salto em Distância)

- Charlles Matheus de Sousa, Escola Especial São Francisco de Assis, de Gurupi, Tênis de Mesa

- Cláudio Henrique Alves Jardim, Escola Especial de Tempo Integral Major Juvenal Pereira de Sousa, de Fortaleza do Tabocão, Atletismo (100 metros, 400 metros e Salto em Distância)

- Daniel Feitosa Ferreira, Centro de Ensino Médio (CEM) Dona Filomena, de Miracema do Tocantins, Atletismo (100 metros, 1.500 metros e Arremesso de Peso)

- Felipe Barbosa Pereira, Centro de Ensino Médio (CEM) Bom Jesus, de Gurupi, Tênis de Mesa

- Gabriel Camilo Dias, Colégio Estadual Oquerlina Torres, de Guaraí, Tênis de Mesa

- Jaime Bitzcof Moura, Escola Especial Colibri, de Dianópolis, Atletismo (100 metros, Arremesso de Peso e Salto em Distância)

- Joelmária Araújo da Silva, Escola Especial Raios de Luz, de Araguaína, Atletismo (100 metros, 400 metros e Salto em Distância)

- Lorena Fonseca da Silva, Escola Especial Mãe-Tia Eulina Braga, de Porto Nacional, Atletismo (100 metros, Arremesso de Peso e Lançamento de Dardo)

- Lucas da Silva, Escola Estadual Ana Macedo Maia, de Porto Nacional, Natação (50 e 100 metros livre)

- Marcos Rodrigues Viana, Escola Especial São Francisco de Assis, de Gurupi, Atletismo (100 metros, Arremesso de Peso e Lançamento de Dardo)

- Marcos Vinícius Luz Ferreira da Silva, Centro de Ensino Médio (CEM) Castro Alves, de Palmas, Natação (50 e 100 metros livre)

- Rhailma Jhulia Francilino de Sousa, Escola Especial Integração, de Palmas, Atletismo (100 metros, Arremesso de Peso e Lançamento de Dardo)

- Romário Pereira dos Santos, Escola Especial Colibri, de Dianópolis, Atletismo (100 metros, Arremesso de Peso e Lançamento de Dardo) (Ascom Seduc)