Polí­cia

Foto: Divulgação

Uma ação de combate a criminalidade deflagrada pela equipe de Policias Civis da Delegacia de Araguatins, sob o comando do Delegado Regional Eduardo Morais Artiaga, na tarde desta terça-feira, 25, resultou na prisão em flagrante de Raimundo R. S., 18 anos. Ele é suspeito pela prática do crime de tráfico de drogas e posse ilegal de arma fogo e foi capturado, por volta das 16hs, no centro daquele município.

De acordo com informações do Delegado Regional, a Polícia Civil já estava investigando o indivíduo, há algum tempo, devido a fortes indícios que apontavam que o mesmo estaria comercializando substâncias entorpecentes em Araguatins e região e, no começo da tarde de hoje, os Agentes receberam uma denúncia anônima informando que o indivíduo efetuaria mais um venda de drogas no centro da cidade.

De posse dessas informações, os Policiais Civis deslocaram-se até o centro da cidade e ficaram no aguardo de Raimundo, que logo apareceu e foi abordado pelos Agentes que encontraram em seu poder 16 pedras de Crack já devidamente embaladas e prontas para a venda, 01 porção grande de maconha, também embalada, além da quantia de R$ 50,00 em dinheiro.

No momento em que conduziam o jovem para a delegacia, os Policias Civis lhe perguntaram se ele ainda teria mais algum produto ilícito, momento em que Raimundo, espontaneamente, respondeu que possuía uma arma de fogo, a qual estaria escondida em sua residência, localizada na Vila Cidinha. Os Agentes foram até a casa do autuado onde encontraram um revólver calibre 32 com 05 munições intactas.

Raimundo foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo e, após os procedimentos necessários, foi recolhido à carceragem da Cadeia Pública de Araguatins onde permanecerá a disposição do Poder Judiciário. 

Objetos furtados 

Na última sexta-feira, 21, uma ação conjunta realizada pelas Delegacias de Polícia Civil de Guaraí e Pedro Afonso, resultou na apreensão de vários objetos, que haviam sido furtados de uma fazenda localizada na zona rural de Guaraí no último dia 20 de novembro.

Após trabalho investigativo, os Policiais Civis chegaram até Evandro R. M., 33 anos, o qual foi indiciado por furto, sendo que o mesmo assumiu ser ele o autor do crime, bem como a pessoa de Anacleto B. R., 57 anos, que adquiriu parte dos objetos furtados por Evandro, e foi indiciado por crime de receptação culposa.

Tendo em vista não se tratar de prisão em flagrante, os dois homens foram ouvidos, liberados e responderão aos processos em liberdade. (Ascom SSP)