Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal, Cesar Halum (PRB) justificou votação do PLN 36/14, que muda a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014. O deputado votou sim e afirma em nota, estar consciente de ter feito o melhor para o Brasil diante de uma escolha entre empurrar o Brasil para dentro do buraco ou tentar salvá-lo. 

Em uma sessão que durou mais de 18 horas, o projeto de lei que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) foi aprovado no fim da madrugada de hoje (4) de 2014, permitindo a revisão permitindo a revisão da meta de resultado fiscal deste ano.

Confira nota 

Votei SIM e estou consciente de que fiz o melhor para o Brasil nesse momento.

A equipe econômica falhou, a presidente Dilma errou ao mentir para o povo brasileiro, o escândalo da Petrobras é uma vergonha nacional e o País está à beira do abismo. Com esse cenário, eu tive que fazer a escolha de empurrar o Brasil pra dentro do buraco ou tentar salvá-lo.

Se eu voto NÃO ao PLN36/14 e jogo o Brasil pra dentro do buraco, eu iria parar todas as obras em andamento e acabava com os programas de desoneração dos impostos (que permitiu a manutenção dos empregos na indústria automobilística, de eletroeletrônicos, material de construção etc). Com o desemprego em massa, as pessoas deixariam de pagar suas contas e a crise se estenderia a outros setores, transformando o Brasil em uma nova Grécia.

Em confiança à nova equipe econômica nomeada recentemente, que tem credibilidade para promover o ajuste fiscal (seria a equipe do Aécio) eu dei o meu voto de confiança. Não votei na presidente Dilma e muito menos no PT, votei pra salvar o Brasil.

Quanto à liberação das emendas, não foi suborno ou compra de voto, mas sim um descontingenciamento das emendas colocadas por nós parlamentares no inicio do ano, cujo R$ 748 mil da minha parte foram divididos com R$ 378 mil para Araguatins, R$ 250 mil para Taguatinga e R$ 124 mil para Dianópolis, portanto vai para as prefeituras executarem os seus programas. Não peguei e não pego nenhum centavo, o povo do Tocantins me conhece e sabe quem eu sou,

A oposição está partidarizando a discussão para tirar proveito político contra a presidente Dilma, o que não deixa de ser um direito deles, porém seus argumentos não correspondem com a verdade total. Por exemplo, não acabamos com a lei de responsabilidade fiscal, esse ajuste é somente para o ano de 2014, a partir de 1º de janeiro de 2015, volta a ser tudo como antes.

Qualquer pessoa que quiser me convidar para uma reunião ou debate eu estou pronto, tenho a consciência tranquila que fiz o melhor para os brasileiros. A hora de palanque já acabou, precisamos olhar pra frente e construir um Brasil melhor.

Estou à disposição de todos vocês, sempre.

César Halum

Deputado Federal

Por: Redação

Tags: Atividade Parlamentar, César Halum