Estado

Foto: Divulgação

Uma vistoria de rotina foi realizada no Centro de Ressocialização Luz do Amanhã (CRSLA), em Cariri, nesta quarta-feira, 10 onde 40 agentes encontraram armas, maconha e celulares no interior das celas. A revista ocorreu nos cinco pavilhões da Unidade e em outros ambientes. O presídio não tem detector de metal nem raio-x para auxiliar nas revistas dos familiares e pessoas que entram na unidade.

 Foram apreendidos 12 celulares, aproximadamente 100 gramas de maconha, 55 chunchos (facas artesanais feitas com pedaços de ferro, ventiladores, etc) e alguns pedaços de ferro. A inspeção, que começou às 7h e terminou às 11h.

Segundo a Secretaria de Defesa Social informou ao Conexão Tocantins a revista ocorreu de forma pacífica e contou com total colaboração dos presos. Foi aberto um  procedimento administrativo para apurar a origem dos objetos o que pode resultar em sanções disciplinares ou progressão de pena.

Sobre a falta de raio-x e detectores a pasta da Defesa Social disse ao Conexão Tocantins que já fez o pedido ao governo federal para que adquira os equipamentos porém ainda não há nenhuma previsão.