Saúde

Foto: Joselita Matos Dona Iranete Maria Rosa, de 55 anos, ficou mais tranquila ao entrar no ônibus Dona Iranete Maria Rosa, de 55 anos, ficou mais tranquila ao entrar no ônibus

Vinte e um pacientes que fazem tratamento de radioterapia em Araguaína e Palmas seguiram na noite desta quarta-feira, dia 17 de dezembro, para Goiânia (GO) com o objetivo de prosseguir com o tratamento contra o câncer.

Em razão da necessidade de troca da máquina de radioterapia instalada em Araguaína, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) procurou outra unidade para atender os pacientes que estão em tratamento, enquanto a nova máquina já adquirida seja implantada.

A Sesau alocou um ônibus para fazer o transporte dos pacientes até Goiânia, onde devem prosseguir com o tratamento de radioterapia na Clínica CEBROM ou no Hospital Santa Casa de Misericórdia. O veículo saiu por volta das 22 horas de Araguaína e, logo em seguida, seguiu para Palmas.

Uma enfermeira e uma assistente social, do setor de Radioterapia do Hospital Regional de Araguaína (HRA), acompanharam todo o procedimento de embarque, dando todas as orientações aos pacientes e familiares. Dois técnicos de enfermagem também acompanham o grupo de pacientes enquanto o tratamento perdurar em Goiânia, dando o suporte necessário no período que estiverem foram do Tocantins.

Todos os pacientes ficarão alojados na Casa de Apoio IASSGO, em Goiânia, que ficará responsável por transportar os pacientes até as unidades de tratamento. Alguns pacientes que estão internados seguirão de ambulância diretamente para o Hospital Santa Casa.

Pacientes e familiares

Para os pacientes, o momento foi de alegria, como foi o caso da dona Gleides França de Oliveira, de 62 anos, que há cerca de um ano está fazendo o tratamento contra o câncer de mama. “Estou muito feliz porque estou indo terminar o meu tratamento”, disse.

Dona Iranete Maria Rosa, de 55 anos, ficou mais tranquila ao entrar no ônibus. Ela está fazendo o tratamento de câncer na garganta desde maio desse ano. “Agora estou tranquila”, comentou dona Iranete. Francisco de Assis viajou junto com a sua mãe, Maria Arlinda, para acompanhar o final do tratamento. “Só faltam dez dias de radioterapia e agora sabemos que vencemos esta luta contra o câncer”, disse contente Francisco. (Ascom Sesau_Em razão da necessidade de troca da máquina de radioterapia instalada em Araguaína, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) procurou outra unidade para atender os paciente)