Polí­tica

Foto: Divulgação

A executiva do Partido dos Trabalhadores do Tocantins – PT se reúne no final da tarde desta segunda-feira, 29, para definir os nomes que serão levados ao governador eleito, Marcelo Miranda (PMDB) para integrar a nova gestão. Segundo informou o presidente do partido ao Conexão Tocantins a executiva vai avaliar os espaços que foram oferecidos. O governador eleito vai anunciar nesta quarta-feira, 31, os últimos nomes que faltam para integrar sua equipe.

“O governador convidou alguns nomes e vamos avaliar os nomes para entregar ainda hoje”, revelou. Dentre os nomes convidados está o da esposa do suplente de senador, Jornalista Gleidy Braga e ainda o do ex-prefeito de Dianópolis, José Salomão que serão discutidos hoje na reunião.

Dentre os espaços concedidos pelo próximo governo ao partido está a área de Defesa Social que atualmente é secretaria e deve virar uma Agência.

O presidente do partido fez uma avaliação da participação da legenda na composição da nova gestão e disse que o PT queria compor uma das quatro principais áreas. “ Todas as que pedimos não nos foi dada. Queríamos contribuir em pelo menos uma das quatro secretarias de maior relevância. Achamos que tínhamos o direito de ocupar qualquer umas delas”, disse se referindo ás pastas da Saúde, Educação, Infraestrutura e Segurança Pública.

O partido queria ainda espaço nas áreas ligadas à Agricultura Familiar como o Ruraltins, por exemplo. O PT chegou a pedir ainda a Unitins.

Assim que começou a escolher sua equipe o governador eleito deixou claro que não há nenhuma cota definida para partido ou políticos porém que todos os companheiros serão valorizados pela gestão. Até o momento Marcelo tem feito indicações de caráter técnicos e de aliados que sempre tiveram ao seu lado na sua caminhada política.

Além do PT, Pv e PSD são aliados de Marcelo Miranda.

Caravana

O partido organizou uma Caravana de filiados que vão até Brasília participar da posse da presidente Dilma no dia 1º de janeiro.