Estado

Foto: Divulgação

O Sindicato dos Trabalhadores da Educação – Sintet informou ao Conexão Tocantins que está investigando onde foi parar os recursos de cerca de R$ 50 mi referentes ao Fundeb. O recurso é uma verba carimbada e específica para ser encaminhado e investido nas escolas estaduais.

“Estamos investigando para saber onde está o recurso para culpar o responsável e queremos saber qual destino foi dado para o recurso”, disse José Roque. Ele disse que a atual gestão informou que não encontrou o dinheiro nem da conta única do Estado nem na específica. “O dinheiro não foi encontrado temos que ver junto à procuradoria do Estado e ao governo se esse dinheiro foi desviado”, frisou.

Do valor repassado pelo governo federal , 50% deveria ficar para o Estado e o restante repassado para os municípios. “Para o Sindicato o valor é de R$ 28 milhões que deveria estar na conta do Estado”, disse.

Em meio a polêmica, o ex-secretário da Fazenda e do Planejamento, Joaquim Junior entrou em contato com o Conexão Tocantins e garantiu que o dinheiro está na conta. “ deixamos o dinheiro na conta só que o valor é R$ 24 milhões. É só procurarem que vão achar”, afirmou.

Segundo Junior, a gestão anterior não usou o dinheiro nem repassou em razão da decisão do Tribunal de Justiça que suspendeu todos os pagamentos a partir do dia 23 de dezembro.

O governo estadual e o Sintet tentam esclarecer a situação e se o valor não for encontrado o Sindicato ameaça ir à justiça para tentar culpar os responsáveis.