Estado

Foto: Divulgação Novo secretário da Administração preside comissão Novo secretário da Administração preside comissão

Os secretários estaduais da atual gestão vão encaminhar até o final desta sexta-feira, 9, à Secretaria da Administração, a demanda de contratos para ser avaliada. “Os secretários vão estar finalizando até o final do dia este processo. Muitos contratos temporários estão em vigor e eles avaliaram a situação”, frisou.

Os titulares de pastas vão avaliar detalhadamente a data de vencimento dos contratos bem como quais são necessários para continuar, já que a meta da atual gestão é cortar os gastos com estrutura.

A Comissão é presidida pelo secretário da Administração, Geferson Oliveira que é responsável pelas medidas para diminuir os custos com pessoal já que o Estado se encontra atualmente fora do limite da Lei de responsabilidade Fiscal com relação a gastos com funcionalismo. A folha deixada por Sandoval Cardoso e que será paga dia 12 será de R$ 268 milhões.

Uma das medidas que a Comissão avalia é pedir uma auditoria externa na folha de pagamento do Estado, segundo o governo confirmou ao Conexão Tocantins. Tudo depende dos estudos e análises que estão em curso.

O secretário Geferson já informou ao Conexão Tocantins o corte de 20% dos cargos comissionados e não descarta mais enxugamentos.O governador Marcelo Miranda já baixou decreto onde pede o retorno imediato de todos os servidores cedidos a outros órgãos para também análise da Secad.

O pagamento da folha que não foi quitado pela gestão anterior, será creditado dia 12, mas estará disponível apenas a partir das 00h do dia 13. O governo conseguiu anunciar o pagamento mediante a vários problemas financeiros e sob pressão das entidades que representam os servidores.