Estado

Foto: Divulgação Programa Pioneiros Mirins atendia milhares de crianças do Estado Programa Pioneiros Mirins atendia milhares de crianças do Estado

O atual governo recebeu a pasta da Assistência Social com uma dívida de R$ 10 mi referente ao programa dos Pioneiros Mirins. Devido à situação, a secretária Patrícia Rodrigues do Amaral ainda estuda quais medidas vai tomar com relação ao programa. “Temos que ver ainda como faremos com o programa”, afirmou em entrevista ao Conexão Tocantins nesta terça-feira, 13.

A secretária explicou que a gestão anterior entrou com processo de liquidação da Fundação dos Pioneiros Mirins para extinguir o programa e que agora a gestão avalia como vai proceder.

Além do problema com o programa a Setas está com os programas paralisados em razão de vários convênios feitos pela gestão anterior e que não tiveram prestação de contas. “Esses convênios não foram concluídos e não fizeram prestação de contas, tem convênio do ano de 2012 ainda em aberto”, disse a secretária que está em contato com o Ministério de Desenvolvimento Social para tentar readequar os programas.

Os primeiros programas que vão ser reativados será o economia solidária e de inclusão produtiva. “Isso mostra a falta de zelo, cuidado e de respeito com a população do Tocantins o que é lamentável porém estamos trabalhando para regularizar a situação e retomar os programas que a sociedade precisa. Nosso Estado é novo e ainda é carente de investimentos e políticas públicas nossa determinação é resgatar de fato a Assistência Social do Tocantins”, frisou.