Geral

Foto: Angélica Mendonça

Considerada a segunda maior praça do mundo, com uma área de cerca de 570 mil m², o equivalente a onze alqueires, a Praça dos Girassóis está passando por um processo de revitalização. De acordo com a Secretaria Geral de Governo, estudos de parceria com a iniciativa privada na manutenção dos jardins serão realizados.

Segundo o diretor geral do Palácio Araguaia, Jânio Potengi, trabalhadores estão realizando, há cerca de 10 dias, os serviços de roçagem, pintura, coleta de lixo e pequenos consertos na estrutura da praça. Até um trator cedido pela Secretaria de Estado da Infraestrutura está sendo utilizado.

Ainda de acordo com o diretor, a manutenção da estrutura será constante. “Estudamos também a possibilidade de buscar parcerias na iniciativa privada para que as empresas do Estado possam adotar áreas verdes e nos ajudar na preservação e na manutenção deste que é o principal cartão postal da Capital”, ressaltou.

Turismo

Presente no roteiro de praticamente todas as agências receptivas de turistas que pretendem conhecer o Jalapão, o passeio na Praça dos Girassóis é também uma aula da história do processo de povoamento e ocupação do Tocantins, antigo norte goiano.

Para o turista Gilmar Mendes Messias, militar aposentado da cidade de Vitória da Conquista (BA), que juntamente com um grupo de outros 18 turistas baianos decidiu conhecer as cidades de Palmas e Belém do Pará, o passeio pela Praça dos Girassóis serviu de aula sobre referência geográfica. “Nos falaram que aqui está localizado o centro geodésico do Brasil. Então viemos conhecer”, afirmou. (Secom-TO)