Estado

Foto: Divulgação

Miracema, na região central, é a mais nova Comarca a integrar o grupo das comarcas de 3ª entrância que já atuam de maneira 100% digital no Tocantins. No total foram 3.244 processos remanescentes virtualizados e inseridos no sistema e-Proc, sendo 36 processos do Juizado Especial Cível e Criminal, 1.101 da Vara Criminal, 269 da Vara da Família e 1.838 da 1ª Vara Cível.

A mobilização foi realizada pelos servidores e estagiários da Comarca, em parceria com o Núcleo de Apoio às Comarcas – Nacom. Para o diretor do Foro, juiz Marcello Rodrigues de Ataídes, a conclusão dos trabalhos é mérito de todos os servidores que se dispuseram a participar da ação.

O magistrado ainda ressaltou os benefícios da atuação 100% digital. "O resultado desse processo de digitalização é magnífico e já vem trazendo agilidade e comodidade para todos de modo geral. Houve mudanças e a satisfação é plena, o conforto ocasionado é ímpar e estamos percebendo melhorias significativas no ambiente de trabalho, o que contribui em vários aspectos”, completou o juiz Marcello Rodrigues.

Na Vara Cível da Comarca de Miracema os trabalhos de digitalização dos processos remanescentes foram coordenados pelo juiz André Fernando Gigo Lemo Neto, e segundo ele, a digitalização já trouxe rapidez ao andamento dos processos. “Além da celeridade, testemunhamos também a transparência na movimentação processual e a facilidade que o meio digital oferece para advogados e jurisdicionados”, concluiu o magistrado. 

A secretária do juízo, Marlene Vasconcelos Saraiva, atuou durante a ação e ressaltou que a virtualização veio para facilitar os trabalhos de todos os servidores. “A digitalização dos processos judiciais facilita a visualização e o compartilhamento da informação, além de propiciar a economia de espaço e principalmente com a redução de impressões. Com isso conseguimos ganho na produtividade para o órgão gestor”, afirmou. (Ascom TJ)