Educação

Foto: Divulgação

O Estado do Tocantins deve ampliar de 18 para 28 o número de polos de Educação a Distância estruturados nos municípios em parceria com a Universidade Aberta do Brasil (UAB) - um sistema integrado por universidades públicas que oferece cursos de nível superior para camadas da população que têm dificuldade de acesso à formação universitária.

Com a finalidade de proporcionar acesso ao ensino superior e à requalificação do professor em outras disciplinas, o Governo do Estado oferece toda infraestrutura necessária para que os cursos sejam realizados, como por exemplo, prédios, mobiliários, computadores, internet, bolsas para coordenadores e tutores. Segundo o presidente da Agência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, George Brito, a previsão inicial é que os 10 novos polos sejam implantados nos municípios de Colinas, Tocantinópolis, Natividade, Palmeirópolis, Paraiso, Miracema, Formoso do Araguaia, Pindorama, Araguaçu e Augustinópolis.

Formação

Até o momento, no Tocantins foram ofertados 11 cursos de graduação e oito cursos de pós-graduação lato sensu nesta modalidade. Os polos contam hoje com 3.020 estudantes matriculados em 20 cursos voltados para a educação, gestão e administração pública.

Os cursos são ofertados pelo Estado juntamente com a Fundação Universidade do Estado do Tocantins (Unitins), Universidade Federal do Tocantins (UFT), Instituto Federal do Tocantins (IFTO) e universidades parceiras. Professores que atuam na educação básica, dirigentes, gestores e trabalhadores em educação básica do Estado e municípios formam o público-alvo dessa iniciativa.

“A educação a distância tem sido um instrumento para chegar a rincões onde a educação presencial não tem conseguido. Hoje nós temos polos em cidades nas quais dificilmente nós teríamos um campus universitário. E o Estado faz um papel importante de manter esses polos e trazer parcerias com as instituições, seja de dentro ou de fora do Estado, para que os cidadãos consigam ter acesso para se formar na graduação, curso técnico e pós-graduação”, destaca George Brito.

Inscrições abertas

Está aberto processo seletivo para o curso de pós-graduação lato sensu, educação a distância (Ead), em Educação Ambiental com ênfase em Espaços Educativos Sustentáveis.  São ofertadas 75 vagas por meio da Universidade Aberta do Brasil nos polos de apoio presencial de Dianópolis, Gurupi e Tocantínia, sendo 25 vagas para cada polo. 

As inscrições podem ser feitas até o dia 7 de fevereiro e podem concorrer professores, gestores e técnicos formados em qualquer área da educação que atuam em escolas da rede pública de ensino ou em áreas a conhecimentos pedagógicos.

A seleção será por meio de análise curricular, verificando a experiência profissional do candidato. O início das aulas está previsto para março de 2015. As informações completas sobre o processo seletivo podem ser obtidas no edital, disponível no site www.uft.edu.br. (Secom -TO)