Polí­cia

Foto: Divulgação Estado teve alto número de homicídios em 2014 Estado teve alto número de homicídios em 2014

Segundo dados estatísticos repassados ao Conexão Tocantins pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP), só no ano de 2014 houve 449 homicídios registrados no Tocantins. A fonte da estatística de crimes com morte é a SSP, a Coordenadoria de Estatística e Análise e as Unidades Policiais do Tocantins.

Dos 449 assassinatos no Estado, 278 foram do tipo doloso –quando uma pessoa mata outra intencionalmente-, 163 foram do tipo culposo de trânsito e 8 homicídios culposos –quando uma pessoa mata outra sem a intenção.

O mês que mais registrou ocorrências de homicídios no Tocantins foi setembro com 58 mortes seguido por abril com 52, novembro com 46 e agosto com 45 homicídios.

Na estatística, 131 das 449 pessoas foram assassinadas na Capital, Palmas. Destes, 59 foram do tipo doloso e 72 homicídio culposo de trânsito. Os meses que mais se registrou ocorrência de homicídio na Capital no ano passado foram agosto com 19 homicídios e abril com 15 mortes. 

Segundo a SSP informou ao Conexão Tocantins, os dados informados referentes ao ano de 2014 não estão 100% contabilizados.

Homicídios no trânsito da capital

Enquanto no Estado o número de homicídios dolosos em 2014 supera o de homicídios culposos no trânsito, em Palmas os dados mostram o contrário e os homicídios culposos no trânsito superam o número de homicídios dolosos. Foram 72 homicídios culposos no trânsito da capital contra 59 homicídios dolosos, demonstrando a violência nas vias onde muitos condutores ultrapassam corriqueiramente a velocidade permitida. 

Casos recentes

Dois casos recentes estão integrados na estatística de crime com mortes no Estado. O caso da professora Heidy Ayres que foi encontrada morta em sua residência com perfurações pelo corpo e o caso do taxista Alan Kardec que foi assassinado enquanto trocava o pneu do carro para ir ao trabalho. (Matéria atualizada às 15h25min)

Confira estatística criminal em anexo