Estado

Foto: Divulgação

Um novo laudo sobre a situação da ponte de Porto Nacional foi realizado e será encaminhado pelo governo ao Ministério Público Estadual. Conforme a pasta de Infraestrutura informou ao Conexão Tocantins após a emissão do relatório de inspeção visual, realizado pela empresa LSE – laboratório estrutural ficou constatado que no momento atual a ponte não apresenta risco de rompimento, consequentemente não necessitando suspender o tráfego de veículos leves (até 30 toneladas).

Outra constatação do relatório foi que “aparentemente em relação às medidas adotadas em 2011, como principal a limitação de cargas em 30 toneladas realizadas por duas balanças móveis fez com que não apresentasse visualmente grandes variações de deformação. Mas somente os ensaios poderão garantir informações mais precisas da evolução na sua degradação”, informa o relatório.

A inspeção foi realizada por Pedro Afonso de Oliveira Almeida que é professor com Doutorado da Escola Politécnica da USP, Doutor em Engenharia Civil Área de Concentração de Estruturas e Diretor do LSE - Laboratório Estrutural. A empresa LSSE realiza inspeções na ponte desde o ano de 2003.

Após a inspeção a Seinfra vai fazer o controle de velocidade sobre a ponte em 40km/h com sinalização vertical e equipamento de medição de velocidade, além de um serviço de conservação no tabuleiro para diminuir os impactos dinâmicos, recuperação das canaletas laterais e limpeza nos caixões da superestrutura.

No decorrer do ano, ainda sem data determinada, a ponte vai passar por uma Inspeção e ensaios nos elementos estruturais para verificar a evolução das fissuras e trincas provocadas pela reação álcali-agregados. Serão feitos ainda Estudos para substituição de peças da superestrutura por elementos mais leves para aliviar as cargas na fundação.

A construção de uma nova ponte ainda não começou nem há estimativa de data.