Polí­tica

Foto: Divulgação

O Tribunal de Contas do Estado –TCE aprovou as contas do exercício de 2013 do governador Siqueira Campos (PSDB). O relator foi o atual presidente do Tribunal, Manoel Pires que aprovou mesmo com mais de 100 ressalvas apontadas no relatório.

O governador fechou o ano acima do Limite da Lei de responsabilidade fiscal com relação a gastos de pessoal, cerca de 51% enquanto o permitido é até 49%. A liquidação da Casetins e da Comunicatins também foram questionadas pelo órgão que alega falta de informações mais detalhadas sobre o processo.

O relatório porém traz várias recomendações, uma delas para que a Controladoria Geral do Estado (CGE) apure pagamento das despesas com plantões extras e produtividade e ainda se todos os serviços pagos foram verdadeiramente prestados. O TCE pede ainda que o Igeprev faça uma análise das contribuições repassadas ao órgão.

O TCE vai acompanhar as recomendações feitas e agora os deputados estaduais vão também julgar as contas de Siqueira.