Saúde

Foto: Divulgação

Em alusão ao Dia Mundial da Luta Contra a Hanseníase, celebrado no último domingo do mês de Janeiro, com o intuito de alertar as pessoas para o problema da Hanseníase, a Secretaria Municipal da Saúde (Semus) realizará no dia 30, uma blitz educativa, na Avenida JK das 9 às 10 horas. A blitz acontecerá próximo à Prefeitura de Palmas.

Na ocasião, será distribuído material educativo com o objetivo de sensibilizar a população para os sintomas da doença e alertar da importância de procurar o atendimento médico, visando seu diagnóstico precoce.

A responsável técnica pela área de hanseníase, Patrícia Rodrigues, destaca que a luta pelo combate e cura da doença. “A luta contra a doença depende muito do diagnóstico precoce, das informações sobre a doença, da suspeição dos sinais e sintomas os quais devem ser incessantemente alertados e divulgados à sociedade e as equipes de saúde”, afirma Patrícia.

Dados sobre Hanseníase

O Brasil ocupa o 2º lugar no mundo e o Tocantins o 2º lugar no país em detecção de casos novos de Hanseníase. Em 2014, Palmas teve 140 casos novos diagnosticados, sendo 83 Multibacilares, 57 Paucibacilares e 13 casos em menores de 15 anos.

Os dados relatam uma cadeia de transmissão intensa que necessita atenção à identificação, ao tratamento desses casos, visando sua interrupção e redução. (Secom Palmas)