Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil por intermédio da Central de Flagrantes de Paraíso do Tocantins, elucidou o homicídio do qual foi vítima o jovem Felipe Denner Oliveira Paiva, 18 anos de idade, bem como apreendeu um adolescente de 15 anos que confessou ser o autor do crime que aconteceu por volta das 03hs da madrugada do último sábado, 31, na rua São Paulo localizada no Jardim Paulista naquele município.

De acordo com a delegada Raimunda Bezerra de Souza, responsável pelo caso, poucos minutos após o homicídio, os Agentes da PC foram informados acerca do fato, quando se dirigiram ao local do crime, onde iniciaram as investigações, objetivando localizar e prender o autor. Através de informações colhidas com algumas testemunhas, os Policiais Civis obtiveram algumas pistas a respeito do paradeiro do possível autor do homicídio.  

De posse dessas informações, os Agentes deslocaram-se até as proximidades da casa do adolescente, onde montaram uma campana. Nesse momento, eles observaram quando um táxi parou em frente a residência e nele embarcaram o menor de idade, apontado como o autor do homicídio, bem como sua namorada, também adolescente.

Os Policiais Civis então seguiram o veículo e algumas quadras a frente fizeram a abordagem do automóvel apreendendo o menor de idade, o qual não estava com a faca utilizada no crime, no entanto, portava uma pequena quantidade de maconha. Ele foi conduzido até a Central de Atendimento da PC, em Paraíso, onde após ser ouvido pela delegada plantonista, confessou ser ele o autor dos golpes que ceifaram a vida de Felipe. 

Os investigadores da PC descobriram que o motivo do crime seria uma rixa antiga existente entre os dois jovens que eram cunhados e que frequentemente se desentendiam por questões variadas. Na madrugada de hoje, o suspeito caminhava pela Avenida São Paulo quando em determinado momento avistou o cunhado, o qual estava no interior de um bar ingerindo bebida alcoólica.

Ao avistar o adolescente, a vítima saiu do bar e veio em sua direção lhe pedindo um cigarro. Nesse momento, o menor sacou a faca, que trazia na cintura e desferiu um golpe no tórax, que acabou atingindo o coração da vítima, que ainda tentou correr, mas teria sido atingida por outra facada. Apesar de ter sido socorrido em poucos minutos, Felipe não resistiu a gravidade dos ferimentos e veio a óbito ainda no local.

Em seu depoimento, o adolescente infrator contou onde havia jogado a faca usada para cometer o crime, a qual foi localizada pelos policiais civis, em um terreno baldio, localizado próximo a casa do rapaz.

Diante dos fatos, O jovem foi autuado por ato infracional análogo ao crime de homicídio qualificado, sendo apreendido pela Polícia Civil e colocado a disposição da Justiça. (Ascom SSP)