Estado

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Tocantins deu inicio ao processo de avaliação dos projetos técnicos dos eventos que serão realizados durante as festividades do carnaval. Os organizadores devem apresentar toda documentação com pelo menos 10 dias de antecedência à data prevista para o início do evento. Os projetos estão sendo analisados pelas Diretorias de Serviços Técnicos – DISTEC, da corporação, nas sedes dos Bombeiros de Palmas, Gurupi e Araguaína.

O prazo é necessário para que todas as observações e mudanças de cada projeto possam ser feitas e consequentemente adequadas a cada situação. A estrutura montada deverá atender às exigências quanto a guarda-corpo, altura de escada, corrimão, parte elétrica e travamento do palco e ainda preventivos de segurança, tais como: extintores, sinalização de rota de fuga, saídas de emergência, quantidade adequada de extintores de incêndio e aterramento de todas as estruturas metálicas bem como a de palcos e camarotes.

“Nossa maior preocupação é com a segurança das pessoas que irão participar das festividades. Por isso é importante que os organizadores se apresem para a analises destes projetos sejam executadas em tempo hábil”, destacou major Zerbine, analista técnico da Distec.

Devem ser entregues na Distec, o projeto, as anotações de responsabilidades técnicas - ARTs, assinadas por engenheiro ou arquiteto responsável, o termo de compromisso atestando que o evento tem excelentes condições de segurança, de acordo com a Norma Técnica do Corpo de Bombeiros N° 26, que rege eventos temporários, autorização do município, pagamento da taxa de serviços de bombeiros, além da documentação dos organizadores. A norma pode ser acessada no site do www.bombeiros.to.gov.br. (Ascom Bombeiros)

Por: Redação

Tags: Corpo de Bombeiros