Saúde

Foto: Imagem ilustrativa/ Da Web

Sete mil testes orais para Aids foram disponibilizados aos municípios tocantinenses pelo Ministério da Saúde. Os testes, que são feitos a partir da coleta de amostras da mucosa da bochecha e da gengiva, foram entregues ao governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

De acordo com a gerente estadual das DST/Aids, Sâmia Chabo, é importante lembrar que não há necessidade de coleta de amostras de sangue. “Isso facilita muito a testagem, porque não há necessidade de envio de amostras para o laboratório”, destaca.

Os testes estão disponíveis para retirada na Assistência Farmacêutica da Sesau para os municípios que manifestaram interesse em receber os kits, sendo eles Araguacema, Araguaçu, Araguanã, Aparecida do Rio Negro, Brejinho de Nazaré, Colinas do Tocantins, Divinópolis, Figueirópolis, Filadélfia, Guaraí, Itacajá, Itapiratins, Lagoa do Tocantins, Nazaré, Nova Olinda, Palmeirópolis, Paranã, Pedro Afonso, Ponte Alta do Tocantins, Porto Nacional, Paraíso do Tocantins, Gurupi, Santa Rosa do Tocantins, Santa Teresa do Tocantins, São Valério da Natividade, Sítio Novo, Wanderlândia e Xambioá. O município de Palmas já recebeu os testes.

Campanha

Além da oferta dos testes orais, a Sesau já realizou a distribuição de 2 milhões de preservativos e materiais educativos, além de 4 mil camisetas com foco na prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) para todos os municípios do Tocantins.

Em 2015, o incremento na distribuição de preservativos é de 30% com encaminhamento direto aos municípios. Além disso, atividades programadas em escolas de todo o Estado são parte da campanha Carnaval do Bem, realizada por meio de parceria entre as Secretarias de Estado da Saúde, Juventude, Educação e Comunicação, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Agência de Defesa Social e Polícia Militar (PM).

Aids/HIV

O foco da campanha intersetorial este ano busca ampliar o acesso à informação sobre meios de prevenção e acesso a tratamento gratuito pelo público jovem. Dados da Sesau indicam que, com relação à faixa etária, os casos de Aids e de HIV registrados no Tocantins concentram-se predominantemente em jovens adultos com idade entre 20 e 39 anos, sendo que, nos casos de Aids, estes correspondem a 67% do total registrado no período. Em relação aos novos casos notificados no Tocantins, em 2013 foram 198 casos novos de Aids. No ano seguinte, outros 112 casos novos foram notificados. (Ascom Sesau)