Estado

Foto: Divulgação

Uma reunião realizada nesta quinta-feira, 12, pelo Ministério Público Estadual (MPE), por meio do Núcleo Maria da Penha, discutiu a participação da Instituição na "Semana da Justiça pela Paz em Casa", que acontecerá durante a Semana Nacional de Combate à Violência à Mulher, entre os dias 09 e 13 de março.

A reunião desta quinta contou com a presença de representantes do Tribunal de Justiça e da Comissão Permanente da Mulher do Tocantins, além de voluntários que apoiam a iniciativa do MPE em realizar a 1ª caminhada contra a violência doméstica e familiar. A caminhada está prevista para acontecer dia 08 de março e pretende mobilizar a sociedade, despertando-a para uma reflexão sobre o tema. O horário e o percurso da atividade estão sendo definidos pela organização.

"Queremos integrar todos, homens e mulheres, para juntos sensibilizarmos a população sobre a importância do combate à violência doméstica e familiar, problema que está integrado à cultura brasileira e que precisa ser combatido com ações constantes de conscientização", destacou a coordenadora do Núcleo Maria da Penha, Promotora de Justiça Maria Natal de Carvalho Wanderley.

Além da caminhada, outras ações estão previstas por parte do MPE, como intensificar o oferecimento de denúncias criminais contra os agressores, com base na Lei Maria da Penha. As iniciativas têm o apoio da Procuradoria-Geral de Justiça.

Semana Nacional

A "Semana da Justiça pela Paz em Casa", tema da Semana Nacional de Combate à Violência à Mulher, foi formalizada pela Ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmem Lúcia. A mobilização nacional é coordenada pelo STF e acontece em alusão ao Dia Internacional da Mulher, celebrado em 08 de março. (Ascom MPE)