Economia

Foto: Divulgação

O endividamento do palmense continua em queda. É o que confirma a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) de fevereiro. Na Capital, houve uma queda de 1,3% do número de endividados com relação ao mês de janeiro último. A pesquisa revelou um pequeno aumento no endividamento (0,2%) quando comparado com o mesmo período do ano passado. A PEIC de fevereiro registra que do total de entrevistados, 76,4% afirmaram estar endividados.

O número de famílias com dívidas em atraso caiu em 0,3%. Enquanto em janeiro esse número estava em 12,3%, nesse mês caiu para 10,8%. Quanto aos endividados, 73,0% consideram-se pouco endividados e somente 0,8% muito endividados. O tempo médio de comprometimento com dívidas continua como no mês anterior, ou seja, de mais de um ano. Na parcela da renda familiar comprometida com dívidas, (72,8%) responderam que gastam entre 11 e 50% do total da renda com dívidas. A média de comprometimento da renda com dívidas ficou em 32,0%.

“Essa pesquisa revela o que de fato está acontecendo: as famílias palmenses, assim como no Brasil como um todo, estão vendo o quadro de recesso que ora estamos vivenciando. Então, essa retração no consumo tem vários fatores, mas as medidas econômicas do Governo Federal foram as mais influenciadoras”, destacou o presidente da Fecomércio, Itelvino Pisoni.

Com relação ao tipo de endividamento, o cartão de crédito continua sendo o grande vilão. A PEIC registrou que o seu uso correspondeu por 74,3%, dos entrevistados. Outros dois modelos de endividamento mais ressaltados na pesquisa foram: o uso de carnês, que respondeu por 34,1%, e o financiamento de veículo, com 25,8%.

No quesito condição de pagamento da dívida em atraso, 49,7% afirmaram que podem fazê-lo parcialmente, contra 43,3% que disseram poder pagar totalmente suas dívidas. Quanto ao tempo de pagamento em atraso, os consumidores, numa maioria pequena (38,0%), possuem atrasos de até 30 dias, contra 37,2% entre 30 e 90 dias.

A PEIC é realizada mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo – CNC, em parceria com a Fecomércio Tocantins. E foi realizada nos últimos 10 dias do mês de janeiro de 2015 em Palmas.

Por: Redação

Tags: Itelvino Pisoni, Peic