Educação

Foto: Divulgação

Começa na próxima segunda-feira, 23, mais uma etapa da campanha Conte Até 10 nas Escolas, com o início do curso para 125 professores da Rede Estadual de Ensino, na modalidade a distância e interação por meio dos fóruns de debates. O objetivo do projeto é reduzir os índices de criminalidade, por meio de ações educativas.

O curso capacitará os professores para a utilização da cartilha “Conte até 10 nas escolas”, que é um projeto do Conselho Nacional do Ministério Público e do Ministério Público do Tocantins, por meio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Cesaf).

No Tocantins, a atividade terá como tutores os professores da Secretaria da Educação, Júlio César Rocha, Maria do Amparo de Sousa Miranda, Clarice Pereira Maia e Iselda Torres Barbosa Gomes, que serão responsáveis cada um por uma turma.

A educadora Annesmelia Aires Galvão, que trabalha como coordenadora pedagógica na Escola Estadual Santa Fé, em Palmas, disse que está com ótimas expectativas com relação ao curso. “Trabalho numa escola tranquila, onde há muito diálogo entre a orientadora pedagógica e os alunos. O que vamos aprender no curso será compartilhado nas reuniões de nossa equipe pedagógica e isso vai contribuir para melhorar o nosso trabalho”, contou Annesmelia.

Entre os assuntos que serão abordados no curso estão: direitos e deveres dos adolescentes: ato infracional; violência nas escolas e bullying; cultura de paz e respeito nas escolas. No final do curso os educadores desenvolvem nas suas instituições de ensino projetos alusivos aos temas. Na primeira etapa do curso, realizada no ano passado, participaram 30 professores. (Ascom/Seduc)