Estado

Foto: Divulgação Trecho crítico entre Porto e Brejinho será restaurado Trecho crítico entre Porto e Brejinho será restaurado

Para garantir a segurança dos condutores de veículos nas rodovias tocantinenses, o Governo do Estado está trabalhando na manutenção asfáltica nas sete residências rodoviárias do Tocantins, mesmo no período de chuvas.   A expectativa é que já no segundo semestre esteja aberta licitação para contratação de empresa com o objetivo de recuperar todas as rodovias do Estado e que faça este trabalho continuamente, ao longo de cinco anos consecutivos.

Nas residências de Porto Nacional, Araguaína, Tocantinópolis, Guaraí, Gurupi, Dianópolis e Paraíso do Tocantins estão sendo realizados serviços de tapa-buracos e roçagem mecanizada em 1.200 quilômetros de rodovias, com um investimento inicial de R$ 4,4 milhões oriundos do Tesouro Estadual.

De acordo com o secretário de Estado da Infraestrutura, Sérgio Leão, os trabalhos já estão sendo realizados nos pontos críticos de todas as residências, e para cada trecho a duração dos trabalhos é de cerca de duas semanas. “Mesmo no período de chuva, os trabalhos continuam, se não for uma chuva torrente, dá para fazer a roçagem e algum tampa-buraco; dá para jogar a terra e depois cobrir com a emulsão asfáltica”, explicou.

Na residência de Porto Nacional, por exemplo, estão em operação as obras na TO-020, nos trechos Palmas/Aparecida do Rio Negro. Além de garantir segurança para os motoristas que percorrem as rodovias, em algumas regiões os trabalhos também são de fundamental importância no escoamento da produção do Estado.

 Crema

 De acordo com Sérgio Leão, em março, o Estado vai receber a visita de representantes do Banco Mundial para assinar Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (Crema) e, depois dessa visita, será feita licitação para recuperação total de 1.060 quilômetros de rodovias, a partir do segundo semestre. “A empresa ganhadora da licitação entra no trecho, faz a recuperação e, durante cinco anos, dá a manutenção”, ressaltou.

 Região sudeste

 Está prevista a recuperação de 230 quilômetros de rodovias na região sudeste. O Governo do Estado vai assinar termo aditivo com o Exército, que já está instalado na região. “Em 2013 foi feito um convênio com o Exército, mas a gestão passada não fez o repasse dos recursos, e agora estamos resgatando esse compromisso e o valor vai sendo repassado conforme o pactuado com eles”, destacou o secretário.