Estado

Foto: Divulgação

Como parte do Programa de Aviação Regional da Secretaria da Aviação da Presidência da República, o Tocantins vai receber investimentos do setor em pelo menos três cidades: Araguaína, Gurupi e Mateiros. O compromisso foi firmado durante audiência do governador Marcelo Miranda (PMDB) com o ministro Eliseu Padilha. O aeroporto de Gurupi será totalmente reformulado. O de Araguaína receberá melhorias e o de Mateiros será construído. O governo do Tocantins também vai indicar outros municípios para serem contemplados no plano do Governo Federal.

O ministro afirmou que o Aeroporto de Gurupi está entre os projetos mais adiantados do programa e será um dos primeiros do Brasil a receber os equipamentos da aviação regional. A obra terá um novo terminal de passageiros, torre com equipamentos de navegação aérea de padrão internacional e uma estrutura para a unidade dos bombeiros. A pista será ampliada e reformada, com uma área de segurança para movimentação das aeronaves.

Em Araguaína, o aeroporto receberá investimentos no sistema de comunicação e na estrutura dos bombeiros. O ministro elogiou a visão de futuro das propostas apresentadas pelo Governo e disse que as propostas do governo estão alinhadas com o planejamento do Governo Federal. “O governador Marcelo trouxe aqui ideias que projetam o futuro do Tocantins. As reivindicações integram um trabalho brilhante que está procurando dotar o Estado de instrumentos logísticos para que brasileiros e estrangeiros que queiram conhecer as riquezas, bem como produzir no Tocantins se estabeleçam na região”, afirmou.

O ministro destacou ainda que os aeroportos de Araguaína e Gurupi terão capacidade de operar também com transporte de cargas. Mas outro fator que estimula a aviação regional é que as passagens aéreas serão subsidiadas e terão valores acessíveis para os diversos públicos.  

Jalapão terá aeroporto para ampliar o turismo

O processo licitatório para início das obras do aeroporto de Mateiros será realizado no segundo semestre deste ano. A obra contará com terminal de passageiros, casa de combate a incêndios e equipamentos de navegação aérea. A cidade de Mateiros é considerada uma das referências do Jalapão e por conta de sua localização, a obra deve incrementar o turismo na região, tanto em nível nacional como internacional.

Dados do Fórum Econômico Mundial apontam que o Brasil lidera o ranking dos países no quesito “atrativos naturais”, sendo que a região amazônica e o Tocantins têm grande influência nesse resultado. No entanto, a Agência Nacional de Aviação Civil apontou que o Norte é a região com o menor número de voos. O Programa quer mudar essa realidade e investir em infraestrutura para explorar o potencial econômico e turístico dessas áreas.

Governo buscará novos aeroportos

Uma das principais políticas de trabalho da Secretaria Nacional de Aviação Civil é o desenvolvimento do Programa de Aviação Regional que tem o objetivo de dotar o Brasil de uma rede aeroportos regionais operando a preços competitivos. A meta do programa é garantir que 96% da população Brasileira esteja a no máximo 100 km de um aeroporto com condições de operar voos regulares. Apenas para a Região Norte, está prevista a construção de 67 aeroportos e o Governo do Estado tem projetos de reivindicar mais aeroportos para outras áreas do interior do Estado. 

Participaram da audiência na Secretaria da Aviação Civil, o secretário da Representação, Renato Assunção, o secretário da Infraestrutura, Sérgio Leão, o secretário de Comunicação Social, Rogério Silva, os deputados federais Lazaro Botelho, Cesar Hallum, Carlos Gaguim e Josi Nunes.  

Contribuição da Bancada

A bancada federal do Estado em Brasília, por meio do senador Vicentinho Alves (PR) e também do deputado federal César Halum (PRB) solicitaram ainda em 2013 ao secretário-executivo da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Nelson Negreiros, a construção do aeroporto de Mateiros e a aquisição de dois Caminhões de Combate a Incêndios, do modelo AP-2 com capacidade de armazenamento de 6.000 litros, para atender aos aeroportos de Araguaína e Gurupi. Já para o aeroporto de Porto Nacional foi autorizado melhorias no aumento da pista de pouso e decolagem em 400 metros e da estação de passageiros; implantação do balizamento na pista e disponibilização de um caminhão bombeiro para combate de incêndio.

Já em fevereiro de 2014 o senador Vicentinho Alves foi informado pela Secretaria de Aviação Civil que numa primeira etapa, os municípios de Mateiros, Gurupi e Araguaína foram selecionados de acordo com critérios técnicos da própria SAC e a licitação para as obras estava prevista para ser aprovada no mês de maio do mesmo ano.

Na oportunidade Vicentinho também solicitou investimentos para que o aeroporto de Porto Nacional passe a ser alternativa ao Aeroporto Internacional Lysias Rodrigues em casos de suspensão de suas operações na capital Palmas. (Atualizada às 18h17)