Estado

Foto: Divulgação

 As obras do Governo do Estado de recuperação de rodovias já estão sendo realizadas nas sete residências rodoviárias tocantinenses. Esta semana, os trabalhos começaram em seis novos trechos, com o objetivo de garantir que, mesmo no período chuvoso, os condutores de veículos possam trafegar pelas rodovias com segurança, facilitando, por exemplo, o escoamento da produção do Tocantins.

 Os trabalhos chegaram às seguintes rodovias: TO-201, na divisa do Tocantins com o Maranhão, entre os municípios de São Miguel, Sítio Novo, Axixá e Augustinópolis;  TO-403, trecho Augustinópolis, entroncamento da BR-230, passando por Araguatins; na TO-130, trecho da BR-230 no povoado de Anajanópolis, na região do município de Rio do Sono; TO-070, entre Brejinho de Nazaré e Aliança do Tocantins; TO-374, na região dos municípios de Gurupi e Dueré; e na TO-365, entre Gurupi e Ipueiras.

 Segundo o secretário de Estado da Infraestrutura, Sérgio Leão, o Governo do Estado tem trabalhado para atender às demandas da população, mesmo com a situação financeira negativa em que os cofres públicos foram encontrados pela gestão atual. “Graças à credibilidade do Governo, conseguimos negociar com os fornecedores e estamos realizando esses trabalhos emergenciais nas TOs", ressaltou.

 Em algumas rodovias, como a TO-336, por onde se iniciaram os trabalhos no dia 16, a recuperação está bem adiantada. “Já foram recuperados mais de 50% do trecho e até o final da primeira semana de março, os trabalhos provavelmente já estarão concluídos”, ressaltou o secretário, ao apontar a importância da rodovia na escoação da produção de grãos da região.

 Investimentos

 A recuperação da malha asfáltica está sendo realizada nas sete residências rodoviárias do Estado e vai contar com um investimento de R$ 4,4 milhões. Ao todo, serão recuperados 1.200 quilômetros de rodovias com serviços de tapa-buraco e roçagem mecanizada.

Ainda de acordo com Leão, essa recuperação visa atender às necessidades emergenciais e, para o próximo semestre, está previsto um trabalho mais intenso nessas regiões. “Estamos trabalhando, mesmo nesse período de chuva, para garantir a segurança de quem precisa trafegar, mas agora em março, vamos receber a visita de representantes do Banco Mundial e vamos fechar convênio, para uma recuperação mais completa de 1.040 quilômetros de rodovias”, explicou.