Polí­cia

A Secretaria Estadual da Segurança Pública – SSP informou ao Conexão Tocantins com relação aos episódios de violência, que ocorreram no último final de semana, em Palmas.  A pasta diz acreditar que tais atos tenham partido de pessoas ligadas a facções criminosas, que se aproveitaram do momento para disseminar um clima de medo e terror na população.

“Todavia, equipes da Diretoria de Inteligência, tanto da Secretaria da Segurança Pública, quanto do Sistema Carcerário já estão mobilizadas a fim de avaliar os episódios, identificar a origem do comando e localizar os responsáveis”, informou ao Conexão Tocantins.

Conforme o Conexão Tocantins informou a facção criminosa, Comando Vermelho, encaminhou carta onde assume autoria do incêndio de dois ônibus na capital e  faz reivindicação com relação ao retorno das visitas nos presídios.

Expedientes e plantões

 No âmbito da Polícia Civil, a SSP argumentou ainda que está buscando manter o funcionamento de todas as unidades policiais nos períodos de expediente e plantões, de modo a assegurar a manutenção dos serviços essenciais à população, levando em conta as dificuldades geradas pela greve dos policiais civis.

A greve da Polícia Civil começou na semana passada e 70% dos serviços estão paralisados. A categoria quer o pagamento de realinhamento na categoria o que gera um impacto de R$ 33 milhões por ano.

Por: Redação

Tags: Segurança Pública