Campo

Foto: Divulgação

Aderir ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal-Sisbi é ter uma certificação especial para comercializar produtos e subprodutos em todo território nacional. O Tocantins, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) já está se adequando às exigências para buscar a adesão ao Sisbi, ainda este ano, e têm orientado as empresas quanto à legislação e as vantagens. O assunto esteve na pauta da reunião do Fórum Nacional dos Executores de Sanidade Agropecuária (Fonesa), ocorrido em Brasília, no ultimo dia 3 de março.

Para a Agência obter a certificação é necessário comprovar que tem condições de fiscalizar a qualidade a e inocuidade dos produtos de origem animal conforme as exigências preconizadas pelo Ministério da Agricultura-Mapa. Para tanto, em 2011 a Adapec passou por uma auditoria orientativa feita pelo Mapa. Desde então, tem trabalhado para se adequar. Para tanto, firmou convênio para estruturação do serviço com a aquisição de veículos, móveis, computadores, entre outros. Além disso, ampliou os trabalhos de fiscalização nos estabelecimentos.

Após a adesão do Estado aos Sisbi, as indústrias que tiverem interesse em aderir ao sistema deverão solicitar oficialmente a Adapec. “Desde 2011 estamos trabalhando para que o Estado tenha condições de aderir ao sistema, orientando as empresas quanto às melhorias estruturais necessárias, instituímos um cronograma de análises físico-químico e microbiológicas da água e dos produtos publicamos a Portaria/Adapec nº 156/2013 que estipula prazo para as empresas elaborarem e implantarem o manual de boas práticas de fabricação,” disse a inspetora agropecuária, Joina Teles acrescentando que ainda haverá outras reuniões para discutir o assunto. 

Para o presidente da Adapec, Humberto Camelo, com a adesão do Tocantins ao Sisbi as ações de inspeção serão unificadas e os empresários poderão ampliar a comercialização dos seus produtos para todo o Brasil, que atualmente é restrita dentro do Estado. “É um grande passo para fortalecer a economia com o desenvolvimento das empresas, preservar a inocuidade destes produtos e, consequentemente à saúde da população”, destaca.

Até o momento quatro estados já aderiram ao sistema: Bahia, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

Sisbi

O Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), que faz parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA), padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal para garantir a inocuidade e segurança alimentar.

Por: Redação

Tags: Adapec, Humberto Camêlo, campo