Ciência & Tecnologia

Foto: Divulgação

As 27 empresas selecionadas pelo Programa de Apoio à Inovação Tecnológica em Micro e Pequenas Empresas (Tecnova), desenvolvido em parceria entre a Agência de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Agetec) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL Tocantins), devem apresentar documentação até o dia 10 de abril. Serão avaliadas a regularidade jurídica e adimplência junto ao IEL. Ao todo, foram 64 empresas inscritas no programa, que visa incentivar a inovação e a tecnologia.

Seis áreas são contempladas pelos projetos: Tecnologia da Informação e Comunicação, Madeira e Móveis, Energias Alternativas, Construção Civil, Alimentos, Agronegócio e Serviços.

O presidente da Agetec, George Brito, explica que após a comprovação documental será realizado um evento para assinatura aos contratos.  “Após a documentação, o IEL passa por um processo de organização do quantitativo de recursos em cima dos  projetos de cada uma;  estamos vendo com as empresas, visando acelerar o processo, já que boa parte estava apenas aguardando o resultado final.  Essas 27 já estavam bem tranquilas e conscientes do processo que foi bem transparente”, explicou.

Os projetos apresentados pelas empresas foram, criteriosamente, avaliados e tiveram que apresentar em sua essência caráter inovador e expectativa de mercado.  “O Tecnova é um projeto do Ministério da Ciência e Tecnologia para o avanço das empresas, uma inovação de forma mais direta nas empresas de pequeno e médio porte, empresas que têm dificuldade para captação de recursos no mercado e muitas vezes não contam com facilidade de recursos para ter um financiamento mais direto. O Tecnova fez esse investimento sem contrapartida financeira, acreditamos que esses projetos farão a diferença para o Tocantins”, ressalta George Brito.

A expectativa é que o sucesso da primeira edição do Tecnova leve mais empresas a se inscreverem na próxima etapa. A execução dos projetos será monitorada de acordo com o cronograma de execução, segundo informou a Agetec.

Ao todo, os investimentos são na ordem de R$ 9,6 milhões e os projetos selecionados terão de R$ 160 a R$ 400 mil de acordo com a área. “Por determinação do governador, estamos incentivando a inovação tecnológica, fazendo investimento e apoio às pequenas e médias empresas, principalmente as que têm caráter inovador e que, às vezes, não têm incentivo”, disse o presidente da Agência.

Tecnova Tocantins

O Tecnova é um programa do governo federal, realizado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), cujo projeto para trazê-lo ao Tocantins foi apresentado pelo Governo do Estado e IEL Tocantins, entidade da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), responsável pela execução do projeto. (Secom -TO)

Por: Redação

Tags: Agetec, George Brito, IEL, Tecnova