Estado

Foto: Divulgação

Representantes do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS) vão estar no Tocantins, no período de 24 a 27 de março, monitorando a operacionalização do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) o Compra Direta Local da Agricultura Familiar, executado pelo Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins).

Acompanhados do diretor de Programas de Fortalecimento da Agricultura Familiar Adenieux Rosa Santana e de técnicos do Ruraltins, os representantes conhecerão as ações do PAA desenvolvidas nos municípios de Caseara, Porto Nacional, Brejinho de Nazaré e Tocantínia.

Ao final, no dia 27, será realizada uma reunião com a diretoria do Ruraltins, em Palmas, para avaliação geral do Programa no Estado.

De acordo com o diretor do Ruraltins, Adenieux Santana, nessas localidades o MDS vai manter diálogo com o público prioritário do programa que são os assentados da reforma agrária, quilombolas, indígenas, mulheres, colônia de pescadores, além de conversar com a equipe que coordena o PAA, com o objetivo de diagnosticar o grau de dificuldades enfrentadas no sentido de buscar melhorias.

“Essa visita pretende fiscalizar as atividades do convenio realizadas no ano passado, na parte de execução e processual, bem como avaliar a proposta de 2015, que envolve o cadastramento de agricultores e entidades. Os representantes querem saber ainda como podemos contribuir para melhorar o trabalho do PAA via sistema operacional”, explicou o diretor.

PAA

O PAA vem sendo executado no Tocantins desde 2004 com recursos do  Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS). Um dos principais objetivos é comprar alimentos diretamente dos agricultores familiares e doá-los a instituições sociais, como creche, hospitais, abrigos de idosos e Apaes.

Em 2015, o Governo do Estado tem como meta atender mais de cinco mil agricultores familiares e beneficiar aproximadamente 600 entidades, nos 139 municípios tocantinenses, com recursos disponíveis na ordem de R$ 21,5 milhões para a compra de produtos.

Programação da visita

DATA /Destino /Atividades

23/03/2015 - Chegada dos técnicos MDS em Palmas

24/03/2015     - Palmas /Caseara (pernoite)

Visita a Colônia de Pescadores e Grupo de Mulheres

25/03/2015 –Caseara / Porto Nacional – período matutino

Visita a Colônia de Pescadores e Grupo de Mulheres

Visita ao abatedouro de aves e reunião com os beneficiários do assentamento da reforma agrária.

Visita às comunidades quilombolas – Malhadinha e Curralinhos

25/03/2015 - Brejinho de Nazaré ( período vespertino )

Visita às comunidades quilombolas – Malhadinha e Curralinhos

retornando a Palmas no final da tarde

26/03/03/2015 - Tocantínia – saída de manhã retornando no final da tarde

Visita à comunidade indígena.

27/03/2015  - Palmas Reunião no auditório do Escritório Central no período da manhã, tendo como participantes: ASCOM, MDS, equipe da Coordenação do PAA, Representantes do CONSEA, FUNAI, SETAS (Diretoria que representa o PAA ou Segurança Alimentar, SEDES (Coordenação Afrodescendente)