Palmas

Foto: Antônio Gonçalves

A Prefeitura de Palmas comunicou que nesta quinta-feira, 26, não haverá expediente nas repartições públicas municipais no período da manhã, em razão de todos os servidores estarem participando do lançamento do Capital Humano – Programa de Valorização do Servidor. O expediente retorna ao normal a partir das 14 horas do mesmo dia. 

Conforme o Paço, nas Unidades de Pronto Atendimento Norte e Sul, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e os demais serviços prestados em regime de plantão funcionarão durante todo o dia. O evento será no Centro de convenções.

Servidores ligaram ao Conexão Tocantins no início da tarde desta quarta-feira, 25, afirmando que foram informados que se não forem terão os pontos cortados. “Acho que isso é coerção, essa orientação veio da Secretaria de Planejamento”, denunciou um servidor.

A meritocracia foi aprovada na Câmara semana passada com um voto contra do vereador Lúcio Campelo e divide alguns servidores, segundo informações. Em comentário na rede social o prefeito Carlos Amastha chegou a afirmar que a meritocracia é um sonho. 

Sisemp 

Em entrevista ao Conexão Tocantins na tarde de hoje, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Palmas (Sisemp), Carlos Augusto Melo de Oliveira, informou que não chegou até ele a informação concreta de que haverá corte de ponto dos servidores faltosos no evento. O presidente comentou que recebeu uma ligação de uma pessoa conhecida por ele, dizendo que a Prefeitura vai cortar os pontos, mas que por não ter muita credibilidade a pessoa não serve de base. "Porque acho que ele tem cargo comissionado. É uma coisa que ninguém viu e é até difícil a gente comentar", disse Oliveira.