Polí­tica

Foto: Divulgação

No início desta semana, o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins começou os preparativos para auditar a 28ª Zona Eleitoral (ZE), de Miranorte do Tocantins, e Corregedoria Regional Eleitoral (CRE). O objetivo é inseri-los no Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) do TRE-TO e Programa de Qualidade da Justiça Eleitoral (PQJE). A ZE, que será a primeira a conseguir o certificado na Gestão do Processo Eleitoral no Estado do Tocantins e a CRE no Processo de Inspeção nas Zonas Eleitorais.

A primeira auditoria será realizada nesta sexta-feira (27), na Corregedoria Regional Eleitoral e na sede da 28ª ZE de Miranorte. Os serviços serão conduzidos por auditores da Justiça Eleitoral de Goiás que vão aferir se os trabalhos realizados por aquela Zona Eleitoral e pelo órgão correcional atendem aos requisitos da Norma NBR ISO 9001:2008.

Com a inserção das metas Gestão do Processo Eleitoral no Estado do Tocantins e Processo de Inspeção nas Zonas Eleitorais no SGQ e PQJE, a Justiça Eleitoral do Tocantins demonstra à sociedade que os trabalhos cartorários e de inspeção são realizados com excelência, de forma criteriosa, atendendo aos mais altos padrões de qualidade.

Participaram da reunião a diretora em substituição, Regina Bezerra; a assessora de Planejamento Estratégico e Pesquisa (Aspeq), Silvia Helena; a coordenadora jurídico-administrativa da Corregedoria Regional Eleitoral, Zilânia Filgueiras e os servidores, Ivana Aparecida Rosa Leão, Ateon Alves de Siqueira, Verner Maurício Wollmann e Viturino de Souza Lima Albuquerque; o chefe de cartório da 28ª ZE de Miranorte, Michel Silva Azevedo e o servidor Samuel Barbosa Queiroz. (Ascom TRE)

Por: Redação

Tags: Miranorte, Tribunal Regional Eleitoral