Estado

Foto: Elizeu Oliveira

A população da região do Bico do Papagaio, no norte do Estado, vai ser beneficiada com obras emergenciais de tapa-buracos em 326,70 km de rodovias estaduais ainda nesse semestre, o que vai facilitar a escoação da produção de grãos, pecuária e a locomoção dos moradores. Já a partir do meio do ano, por meio do Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (Crema) com o Banco Mundial, será realizado um trabalho mais ostensivo em 375,5 km, totalizando mais de 700 km de rodovias recuperadas.

Em recente viagem a região, o governador Marcelo Miranda destacou a atenção que será dada para o norte tocantinense. No Bico do Papagaio, por meio de ação emergencial do Departamento de Estradas de Rodagem (Dertins), estão atuando três frentes de trabalho, que nos próximos 15 dias concluem a recuperação de 51 km de rodovias.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Sérgio Leão, destacou os locais onde as obras emergenciais estão sendo realizadas. “Na TO-010 estão sendo recuperados 8 km, no trecho Araguatins/entroncamento TO-404; na TO-126, são 29 km, no trecho Aguiarnópolis/Tocantinópolis; e na TO-201, no trecho Sítio Novo do Tocantins/Axixá, são 14 km”, apontou. 

Ainda de acordo com o secretário, nos próximos três meses serão recuperados mais 275,7 km de rodovias. O cronograma de trabalhos está dividido em quatro etapas, sendo que na segunda serão recuperados 98,30 km, na terceira 115,50 km, e na quarta, 62,30 km, beneficiando uma população de mais de 200 mil pessoas. 

Para o segundo semestre está previsto o início das obras do Crema, cuja licitação será aberta no mês de junho, e vai recuperar 375 km na região. Segundo o secretário, a empresa que vencer a licitação fará a recuperação e pelo período de cinco anos ficará responsável pela manutenção das mesmas.

Em todo o Estado serão recuperados 1.200 km de rodovias com serviços de tapa-buracos e roçagem mecanizada, com um investimento de R$ 4,4 milhões. (Secom-TO)

Por: Redação

Tags: Bico do Papagaio, Dertins, Sérgio Leão