Polí­cia

Foto: Divulgação

O comando de greve da Polícia Civil informou que ficou acertado um novo encontro com representantes do governo para a próxima segunda-feira, 6 de março, após o feriadão de Páscoa. Provavelmente, segundo o Comando, nesse próximo encontro o governo do Estado deve formalizar uma proposta aos policiais civis, que estão em greve desde o dia 25 de fevereiro, 37 dias de paralisação.

No dia 6 de março, o Sinpol-TO (Sindicato dos Policiais Civis do Tocantins), vai convocar uma assembleia geral da categoria para avaliação da proposta a ser feita pelo governo do Estado.

O movimento tem afirmado que a deputada federal e primeira-dama do Estado, Dulce Miranda tem intermediado a situação e que em contrapartida mesmo com alguns policiais paralisados a categoria não tem radicalizado. “A atenção que a deputada Dulce Miranda deu a nós foi de muita consideração e respeito. Ela é uma pessoa aberta ao dialogo, entendeu a nossa reivindicação e está disposta a contribuir resolver o impasse”, ressaltou o presidente do Sinpol, Moisemar Marinho.

Muitos policiais retornaram ao trabalho e estão exercendo as atividades porém Moisemar disse ao Conexão Tocantins que a categoria continua em greve.