Polí­tica

Foto: Antônio Gonçalves

O atual prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) respondeu a acusação do ex-prefeito, Raul Filho (sem partido), sobre a compra do terreno para construção do Capim Dourado Shopping que, segundo o ex-prefeito, na época, tinha preço de mercado de R$ 15 milhões mas foi adquirido por apenas R$ 200 mil por Carlos Amastha, então dono do empreendimento. Na sua página na rede social Twitter, Amastha respondeu o ex-prefeito Raul Filho e disse que ele tem cara de pau e precisa de óleo de peroba. “Muito cara de pau esse nosso ex. Confunde a gestão fazer mudanças para beneficiar investimentos, do que mudar para beneficio próprio. Peroba (sic)”, disse Amastha.

Carlos Amastha ainda disse que o ex-prefeito de Palmas confundiu criminalidade com política e tentou explicar sua aquisição do terreno para implantação do Capim Dourado Shopping que o ex-prefeito Raul Filho afirma que era uma Área de Preservação Permanente (APP). “Confundir que uma gestão mude a ocupação do solo, como no caso do Capim Dourado, para trazer um investimento de 2.000 empregos. Uma coisa. [...] Afirmar que a área do Capim Dourado era de preservação permanente denota má fé ou no mínimo ignorância. Decepciona ainda mais”, justificou Amastha. 

Segundo o prefeito Carlos Amastha, parte da área verde que adquiriu foi trocada por uma nova área com o dobro do tamanho. Entretanto, o prefeito não explicou qual foi a área dada em troca e onde está localizada. 

O prefeito Amastha encerrou a troca de farpas afirmando que estava perdendo "tempo do sagrado feriado com a família para ter que responder para tremendo cara de pau. Se enxerga. Não enganas ninguém", concluiu.

Confira todas as matérias relacionadas