Palmas

Foto: Antônio Gonçalves

Para atender com maior qualidade as demandas dos cerca de 40 mil usuários que utilizam diariamente o transporte público em Palmas, quatro linhas passam por alterações, e operam a partir desta segunda-feira, 13, com mudanças em seus itinerários.  

De acordo com a Secretaria Municipal de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte, a grande mudança acontece na Linha Eixão 1-A (que sai da Estação Javaé sentido Estação Apinajé). Para atender a Avenida JK, o Eixão 1-A altera a sua rota na LO-01, que em vez de subir pela NS-02 continua até a NS-04, quando sobe até a rotatória com a Avenida JK, passando em frente ao prédio da Prefeitura de Palmas, descendo até a NS-02, dando continuidade ao o seu percurso anterior até a Estação Apinajé. Na Linha Eixão 1-H, que é o retorno partindo da Estação Apinajé até a Javaé, não haverá alteração.

As linhas 43 e 49 também sofrerão mudanças. Na Linha 43 haverá dois percursos, sendo o percurso horário executado pela Linha 43-A, via Escola Maria Júlia, e o percurso anti-horário pela Linha 43-H, via ETI Eurídice de Melo. Com o novo percurso, a linha que já atende os setores Jardim Aureny III, Aeroporto, Janaína, União e Lago Sul, também atenderá os conjuntos habitacionais Karajás, Javaé e Krahô. 

Já a linha 49 foi implementada, atendendo a partir de segunda-feira, 13, a Rua Oliveira e Avenida Ipanema no Setor Sol Nascente em Taquaralto. Outra alteração foi nos itinerários das linhas 52 e 48 que passaram por fusão, deixando de existir a Linha 48, contudo a secretaria afirma que haverá mais horários.

Segundo o secretário Christian Zini as alterações vêm para atender às demandas dos usuários de ônibus. “Nosso quadro de horário e itinerário das linhas passam mensalmente por alteração, uma vez que o nosso objetivo é atender cada vez mais uma maior quantidade de passageiros, atendendo às reivindicações e sugestões de alterações de horários nas linhas”.

Frota 

Palmas conta com uma frota de 220 veículos, sendo 209 operantes e 11 reservas. O sistema opera com 77 linhas, atendendo uma média diária de 53. 540 passageiros pagantes, e uma média diária de giros na catraca de 73.441. Além dos estudantes que pagam meia, são isentos de pagar passagem os policiais militares, civis e bombeiros, guardas metropolitanos, menores de 07 anos, idosos, aposentados, agentes de trânsito e transporte, portadores de deficiência. (Matéria atualizada às 16h51min de 09/04/15)