Cursos & Concursos

Foto: Divulgação TJ quer fazer concurso este ano se tiver orçamento TJ quer fazer concurso este ano se tiver orçamento

O Conexão Tocantins consultou vários órgãos sobre a possibilidade de realização de certames este ano. Para 2015 apenas o Tribunal de Justiça pretende fazer concurso para o quadro de servidores porém ainda com um condicionante: a disponibilidade orçamentária e financeira. O TJ informou que atualmente tem 1.109 servidores concursados e 633 comissionados.

A Assembleia Legislativa do Estado, que fez o último certame no ano de 2005, não tem previsão de quando fará um novo concurso. “Não tem nenhuma previsão”, confirmou o presidente da Casa de Leis, Osíres Damaso, em entrevista ao Conexão Tocantins.

A Defensoria Pública, por sua vez, informou que não pretende fazer concurso este ano, uma vez que possui dois concursos públicos vigentes na instituição: Concurso Público do Quadro Auxiliar da Defensoria Pública 2012, prorrogado por mais 02 anos, com 375 vagas previstas, das quais todas já foram chamadas e o certame para Defensor Público Substituto 2013 com 20 vagas para  o cargo inicial da carreira de Defensor Público Substituto, das quais todas já foram chamadas.

O Ministério Público Estadual (MPE) também informou que está com dois concursos vigentes, tanto para servidor como para promotor de justiça, e por isso não há previsão para novos certames.

Concursos abertos

No Estado estão abertos concursos para três vagas para professor substituto no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFTO), 40 para agentes municipal de trânsito e Transporte da prefeitura de Araguaína com salário de R$ 1621. De nível superior está aberto concurso para professor titular da Universidade Federal do Tocantins (UFT) com duas vagas com salário de R$ 15.956,07 e outras duas com vencimento de R$ 17.057,74 mil com inscrições até dia 27.

Foi divulgado também o edital do XVI do Concurso Público do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que compreende estados do Pará, Minas Gerais, Roraima, Distrito Federal, Mato Grosso, Goiás, Amapá, Amazonas, Tocantins, Rondônia, Acre, Bahia, Maranhão e Piauí. A oportunidade é para provimento do cargo de Juiz Federal Substituto, com oferta de 228 vagas e vencimento inicial de R$ 23.997,19. O cargo exige diploma de bacharel em Direito, há no mínimo três anos, por instituição de ensino superior oficial ou reconhecida pelo MEC, e três anos de atividade jurídica comprovada. O concurso terá uma prova objetiva seletiva e duas provas escritas, de caráter eliminatório e classificatório, além de sindicância da vida pregressa e investigação social, exames de sanidade física e mental, prova oral e avaliação de títulos.

Expectativa

A nível do governo estadual um novo concurso do Governo do Tocantins destinado ao provimento de cargos da área da saúde segue ainda em fase de planejamento pela nova gestão. O secretário Samuel Bonilha já admitiu a necessidade e intenção de realizar o certame. Já chegou a ser cogitada ainda a realização de um concurso da Polícia Militar no Estado porém ainda está em fase de estudo.

Já a nível federal prossegue sendo muito aguardada a liberação de autorização para o novo concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em 2015. De acordo com a solicitação feita no segundo trimestre de 2014 (30/05), o objetivo do órgão é preencher pelo menos 1.500 vagas de Policial Rodoviário, cargo que exige graduação em qualquer área e CNH categoria “B” em diante.