Estado

Foto: Elizeu Oliveira

As obras de pavimentação da TO-255, num trecho de 45 km, ligando o município de Lagoa da Confusão à Barreira da Cruz, foi um dos principais compromissos assumidos pelo governador Marcelo Miranda, na manhã desta sexta-feira, 10, durante solenidade de encerramento da colheita de arroz (safra 2014/2015), na Fazenda Luiza.

A estrada é considerada uma das principais obras para o escoamento da produção e encabeça a lista de pleitos entregue pelos produtores daquela região ao Governo do Estado. “Reconheço e vamos realizar, juntos, uma logística capaz de atender às demandas da nossa produção, principalmente numa região tão importante para o fortalecimento da economia no Estado,  através do agronegócio”, adiantou o governador.

O Governo estadual também formalizou uma parceria com a Prefeitura de Lagoa da Confusão e produtores, que prevê a implantação de uma Companhia Independente da Polícia Militar no município, para garantir mais segurança à população. A prefeitura doou uma área de 70 mil metros quadrados para a obra.

O governador reafirmou, também, o compromisso em reativar o Programa de Desenvolvimento da Região Sudoeste do Tocantins - Prodoeste, que já havia sido anunciado por ele mesmo, em março deste ano. “Precisamos dar condições efetivas para que o produtor se sinta seguro, tenha o apoio institucional do Governo, e isso nós vamos fazer”, garantiu Marcelo Miranda.

Segundo o secretário de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, Clemente Barros, com a reativação do Prodoeste, as perspectivas são de dobrar a produção naquela região, atualmente algo em torno de 140 mil hectares.

Titularidade

O governador também reiterou o seu empenho, junto ao Governo Federal, para manter a revogação da Portaria 294, que dispõe sobre a titularidade de terras na região do Vale do Araguaia, envolvendo municípios do Tocantins e Mato Grosso. No início de fevereiro deste ano, Marcelo Miranda discutiu o assunto com uma comitiva de produtores, no Palácio Araguaia.

O prefeito de Lagoa da Confusão, Neto Lino, ressaltou o “espírito empreendedor do governador”. Segundo ele, Marcelo Miranda sempre reconheceu as necessidades dos produtores e obras fundamentais de infraestrutura, a exemplo de pontes de concreto na região.

Colheita

A colheita do arroz na região superou a marca de 490 mil toneladas, numa área de 80.150 hectares, e ficou assim distribuída: Lagoa da Confusão (247 mil toneladas), Formoso do Araguaia (163.940 t), Dueré (40.200 t) e Pium (40 mil t). Esses municípios compõem também a região do Vale do Araguaia. O evento foi acompanhado por secretários de governo, autoridades locais e comunidade. (Secom-TO)