Polí­tica

Foto: Elizeu Oliveira  O governador Marcelo Miranda esteve em Guaraí para celebrar os 45 anos de emancipação política do município O governador Marcelo Miranda esteve em Guaraí para celebrar os 45 anos de emancipação política do município

A principal defesa feita pelo governador Marcelo Miranda (PMDB), no sábado, 11, em Guaraí, centro-norte do Estado foi uma agenda administrativa que seja marcada pelo trabalho, a superação de possíveis divergências partidárias e, acima de tudo, o compromisso em atender aos interesses do povo do Tocantins. Ele esteve na cidade para celebrar os 45 anos de emancipação política do município.

Segundo o governador, o momento vivido atualmente no Estado requer a união de todos – governos e sociedade. "A eleição terminou e com ela as divergências políticas e partidárias. O partido do Governo é o partido do povo, é aquele que tiver propostas que beneficiem a população. A minha volta ao governo não foi pelo poder, mas para atender a um ciclo, uma missão com o Tocantins", defendeu. 

Uma gestão cada vez mais perto dos municípios, independentemente de “cor partidária”, foi outra defesa feita pelo governador. "Estamos iniciando um período de agenda positiva, respaldada pelo esforço conjunto e persistente. Estamos saindo do Palácio para ouvir, conversar com prefeitos, lideranças, com toda a população”, lembrou.

Marcelo Miranda agradeceu o esforço de todos, ressaltando que ele e sua equipe de Governo estão empenhados em tirar o Tocantins da crise. Disse que o Estado não se deixará abater pelas críticas, dará a volta por cima e que ele, como cidadão e governador, não decepcionará a população.

100 Dias

Os 100 primeiros dias do Governo Marcelo Miranda também estiveram na pauta do dia. O governador considerou todos os problemas encontrados quando assumiu, e fez um breve relato de todo o esforço de sua equipe para “devolver o fôlego e a credibilidade ao Estado”.

O governador defendeu também a parceria com o governo federal, a retomada de obras fundamentais para o Tocantins, a exemplo da recuperação da malha viária e projetos que fomentem o emprego e a industrialização. "Apesar dos grandes entraves, não cruzamos os braços. Estamos fazendo o possível, dentro do que nos permite a legislação. Daremos um salto de qualidade, mas com desenvolvimento ordenado”, concluiu.

Por: Redação

Tags: Guaraí, Marcelo Miranda