Campo

Foto: Luciano Ribeiro

Cerca de 150 participantes entre técnicos e estudantes participaram na manhã desta quarta-feira, dia 15, do Ciclo de Palestras em comemoração ao dia Nacional da Conservação do Solo, que aconteceu no auditório da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro). O evento foi organizado pela pasta, em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Fundação Universidade do Tocantins (Unitins), Prefeitura de Palmas, Faculdade Católica do Tocantins e Odebrecht Ambiental.   

A abertura foi com a palestra do engenheiro agrônomo, Deivison Santos, sobre conservação de solos no planejamento integral da propriedade. Durante sua explanação, Santos explicou a importância de um bom planejamento para que sejam aplicadas técnicas de agricultura conservacionista. "Para um bom planejamento é necessário que também se faça um bom diagnóstico, quanto mais preciso for o diagnóstico mais eficiente será o planejamento e a aplicação de técnicas de conservação do solo como sistema de plantio direto e boas práticas de manejo”, explicou o engenheiro.

Na ocasião, o secretário de Desenvolvimento da agricultura e Pecuária, Clemente Barros, falou da importância do engenheiro agrônomo para a economia e sustentabilidade. “Hoje é dia de repensarmos o nosso futuro com aplicação de técnicas mais atuais, como o plantio direto”, refletiu.

Para o estudante do  período de Engenharia Agronômica da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins), o evento proporcionou uma experiência além da teoria. “O tema é bastante relevante e hoje teremos a oportunidade de aliar a teoria e a prática”, comentou o estudante.   

Conteúdo

Quem participou do evento durante a manhã também teve a oportunidade de discutir temas como a conservação dos solos no planejamento integral, a importância da agrometeorologia para agricultura e apresentação do Projeto Taquaruçu: uma fonte de vida.

O ciclo de palestras foi encerrado com o tema Conservação do solo em estradas vicinais apresentado pelo secretário e subsecretário Municipais de Desenvolvimento Rural, Roberto Sahium e Roberto Jorge, que fizeram uma retrospectiva  sobre a relação entre a humanidade e o aproveitamento do solo, e a importância da utilização de bacias de contenção de água pluvial para o controle de sedimentos que podem assorear as nascentes. “A conservação do solo é algo sagrado para nós que acreditamos e trabalhamos com isso”, comentou Sahium ao final do evento.

A programação segue a tarde com a com atividades práticas de marcação e construção de terraço na Faculdade Católica do Tocantins Campus de Ciências Agrárias e Ambientais.

Também participaram do evento o subsecretário da Seagro, Hermes de Azevedo; o presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Pedro Dias; e o Superintendente Federal da Agricultura, Mário Márcio. (Ascom Seagro)