Polí­tica

Foto: Divulgação

O senador Donizeti Nogueira (PT/TO) defendeu na quarta-feira, 15, na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo, que o parlamento utilize o Plano Plurianual (PPA) que vai orientar as ações do governo na implementação de políticas públicas para o período de 2016-2019, para alocar mais recursos para a Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia – (SUDAM), como forma de potencializar a entidade para atender a demanda do desenvolvimento sustentável na Amazônia.

Para ele, a gestão do superintendente Djalma Bezerra Melo à frente da “nova” Sudam tem demonstrado uma ampla visão sobre a inversão de iniciativas e escolhas para o desenvolvimento da região. “Foi uma aula para a compreensão sobre o papel da superintendência e mostra que a entidade está buscando alternativas para potencializar nossa região em relação ao resto do País”, afirmou. O senador defendeu que cabe aos parlamentares buscar os meios para estruturar a entidade para cumprir seu papel de desenvolvimento da Amazônia.

Ele solicitou informações sobre a apuração de desvio de recursos na antiga Sudam e pediu solução para projetos que estão sendo paralisados por conta dos problemas antigos. "O projeto está funcionando, gerando emprego e renda e até receita para o estado e a união" posicionou. Em resposta, o representante do ministério José Wanderley Barreto afirmou que pretende revitalizar os projetos bons e renegociar dívidas. “Vamos atender com a maior disposição e dar a maior agilidade possível”, concluiu o secretário.

O projeto do etanol social

Ao falar do projeto de produção de etanol social, a Usina Flex, de Etanol de Batata Doce, implantado pela Universidade Federal do Tocantins – UFT em parceria com a Sudam, o superintendente Djalma Bezerra, agradeceu Donizeti que acompanhou atentamente toda a exposição feita por ele na Comissão de Desenvolvimento Regional do Senado, e disse que está se especializando em administrar escassez, mas apelou aos senadores dizendo que conta com os parlamentares para buscarem apoio junto aos governadores e parcerias com empreendedores do Estado para o sucesso de projetos exitosos e importantes como o implantado no Tocantins e que já está disponível no mercado.

Ele lembrou que o senador esteve presente na solenidade de lançamento do Programa de Produção de Etanol Social da Amazônia, realizada no Centro Universitário Integrado de Ciência, Cultura e Arte, no Campus de Palmas, e elogiou a iniciativa, afirmando que o projeto é viável economicamente, ambientalmente correto e socialmente justo, e que vai permitir o estabelecimento da Amazônia como produtora de etanol hidratado e anidro, de maneira sustentável e socialmente inclusiva com autossuficiência e passível de exportação.

O senador agradeceu a alusão e lembrou que acompanhou todo o projeto durante três anos e que irá envidar todos os esforços no sentido do empoderamento da Sudam para cumprir sua finalidade e colaborar com o desenvolvimento do Tocantins e de toda a região norte do País. (Da assessoria)

Por: Redação

Tags: Donizeti Nogueira, PT, Senado