Campo

Foto: Divulgação

A I Feira da Agricultura Familiar do Território Médio Araguaia movimentou a cidade de Couto Magalhães, localizada a 280 km de Palmas. Nos dias 17 e 18 de abril, agricultores familiares dos 13 municípios que compõem o Território participaram do evento expondo, divulgando e comercializando produtos típicos da agricultura familiar, além de artesanato, peças em cerâmica, materiais recicláveis, bordados, dentre outros objetos.

Buscando reaproveitar itens do dia a dia que geralmente vão pro lixo, como as caixas de leite e sucos, moradoras da cidade de Colinas trouxeram para a feira trabalhos artesanais, feitos a partir desses materiais, como bolsas, carteiras, vasos, pantufas e lembrancinhas de aniversário.

“Desenvolvemos em Colinas o Rede Mulher Projeto Transformar, com o objetivo de atender mulheres vitimas de violência, dando a elas a oportunidade de empreender um trabalho individual que possa resgatar auto-estima, gerar renda e propiciar a valorização da mulher. Estamos aqui comercializando e divulgando essa ação, mostrando que é possível aprender sempre coisas novas e melhorar a qualidade de vida, avaliou a secretaria da Mulher, Direitos e Equidade de Colinas, Alexandra Cândido Machado.

Integração

Além da venda de produtos, o evento realizado pelo Território Médio Araguaia, teve como foco principal a integração sociocultural e econômica dos municípios. Para isso, a ampla programação contou com apresentações culturais, shows, campeonato em diversas modalidades esportivas, palestras e painel de debates com temática voltada para o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar no Território.

O Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), apoiou o evento promovendo curso de capacitação em processamento de frutas para 15 agricultores familiares. A oficina, ministrada pela técnica em desenvolvimento social, Hermina Martins, incluiu o preparo de doces, conservas, compotas, geleias e as boas práticas de fabricação. Todos os produtos confeccionados durante cinco dias de capacitação foram comercializados na Feira, como forma de incentivar a diversificação e a geração de renda para as famílias agricultoras.

Segundo o coordenador do Território do Médio Araguaia e prefeito de Couto Magalhães, Ezequiel Guimarães, a realização desse evento visa despertar, entre outras coisas, o interesse dos outros municípios no sentido de abrirem espaços para as feiras do agricultor familiar.

“Queremos sensibilizar os gestores e os parceiros para que possam levar esse beneficio a todo Território. Nós já temos a experiência de quatro municípios que realizam a feira para o agricultor. É uma ação positiva, pois promove um contato direto entre o produtor   e o consumidor, que conhece de perto e consome o que está sendo produzido na região onde mora, movimentando assim a economia”, avaliou o prefeito.

O diretor de Programas de Fortalecimento da Agricultura Familiar do Ruraltins, Adenieux Rosa Santana, representando na oportunidade o presidente do órgão, Pedro Dias, defendeu a implantação do Selo de Inspeção Municipal (SIM) nos municípios, como forma de inserir no mercado os produtos processados da agricultura familiar.

“Dos debates desse evento podem sair encaminhamentos importantes pra gente trabalhar essa parte de processamento. Nós temos ai como exemplo o leite, a carne e seus derivados que precisam passar por esse processo. É necessário unir esforços dentro do Território e municípios para organizarmos as políticas públicas em prol do fortalecimento da agricultura familiar, afirmou o diretor.

Território Médio Araguaia

O Território de identidade Rural do Médio Araguaia, nasceu a partir da iniciativa de municípios desta região a ingressar na política nacional de desenvolvimento regional conduzida pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário e vários parceiros. Inicialmente  apenas oito municípios compunham o território: Couto Magalhães, Juarina,  Bernardo Sayão, Pequizeiro, Itaporã do Tocantins, Goianorte, Colméia, Pau D’arco, Arapoema. Mas, atualmente foram incorporados os municípios de Bandeirantes do Tocantins, Fortaleza do Tabocão, Presidente Kennedy, Colinas do Tocantins e Nova Olinda.