Saúde

Foto: Divulgação

Com intuito de discutir as ações da atenção à saúde do idoso indígena com vista  a garantia de assistência integral e resolutiva no Sistema Único de Saúde (SUS), acontece de 29 a 30 de abril na Escola Tocantinense do Sistema Único de Saúde (ETSUS), a partir das 8h, primeira oficina sobre “Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa Indígena” do Estado do Tocantins.

O evento será destinado aos profissionais da enfermagem dos Pólos Base Indígena dos municípios de Formoso do Araguaia, Itacajá, Santa Fé do Araguaia, Tocantínia e Tocantinópolis.

A realização desta ação é uma parceria da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), por meio da área técnica Saúde do Idoso, em parceria com o Distrito Sanitário Especial Indígena do Tocantins (DSEI/TO). O Estado do Tocantins por meio desta parceria, avança na implementação da Política de Atenção á Saúde da Pessoa Idosa.

Atualmente no Tocantins são cinco pólos bases indígenas, dos quais comportam 142 aldeias, com 40 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e duas Casas de Assistência à Saúde do Indígena (Casai) nas cidades de Gurupi e Araguaína. São 475 índios idosos, ou seja, 4,2% da população indígena do Estado, conforme dados do DSEI/TO.

Para a técnica da área do Idoso da Sesau, Wanira Brito, a ação abordará assuntos como processo de envelhecimento, violência contra a pessoa idosa, avaliação da funcionalidade, demência e outros. (Ascom Sesau)

Por: Redação

Tags: Secretaria Estadual de Saúde