Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Militar prendeu o técnico em manutenção de celulares, B.A.B, de 41 anos e D.J.O, de 30 anos, ambos  suspeitos de integrarem uma quadrilha que instalava um equipamento popularmente chamado de “chupa-cabra”, em terminais eletrônicos de agências bancárias, na região sudeste do Estado.

O fato aconteceu na cidade de Dianópolis, na tarde dessa segunda-feira, dia 27 de abril. Os policiais da 2ª CIPM – Companhia Independente da Polícia Militar, chegaram até os suspeitos após serem acionados pelo gerente do BASA – Banco da Amazônia, o qual informou que ao chegar à agência e conferir os caixas eletrônicos, constatou  algo diferente em um dos caixas, e ao  verificar o circuito interno de câmeras descobriu que por volta das 6h da manhã um indivíduo foi filmado instalando o mecanismo no caixa eletrônico.

De posse das filmagens e com informações de populares, a equipe de inteligência na 2ª CIPM descobriu que os dois indivíduos estavam hospedados em um hotel da cidade. Em seguida, com o apoio do delegado da cidade eles foram localizados tomando cervejas no balneário do município de Rio da Conceição.

Após a prisão,  os  suspeitos foram levados até o hotel onde, no quarto de um deles foram encontradas as roupas utilizadas na hora da instalação do “chupa-cabra” e ainda foram apreendidos com eles, um HD externo, um veículo Fiat Siena preto, placa JIE-9543 de Brasília-DF, um relógio dourado, um notebook, um simulacro contendo uma câmera para capturar informações de senhas em caixas eletrônicos, R$ 516,00 em dinheiro e três aparelhos celulares.

Os autores e o material apreendido foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos  legais que o caso requer. (Com informações da PM)

Por: Redação

Tags: Dianópolis, Polícia, Polícia Militar