Economia

Foto: Divulgação

Que a economia nacional anda preocupando todo mundo, isso é fato. Mas o tocantinense continua otimista quando o assunto é homenagear alguém numa data especial. Isso foi confirmado pela pesquisa de expectativa de consumo para o Dia das Mães, a ser celebrado neste dia 10. Promovida pelo Instituto Fecomércio Tocantins em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT) entre os dias 6 e 10 de abril, a pesquisa foi aplicada em Palmas, Araguaína e Gurupi. O total de 72,8% dos entrevistados foi a média obtida entre as três cidades que afirmaram ter a intenção de presentear.

Em Palmas, 68,6% afirmaram ter a intenção de presentear as mães (71,1%), adquirindo vestuários (24,7%), em uma compra de 1 a 2 presentes (93,4%), realizando essas compras em shopping (43,7%). A pretensão de gasto ficou entre R$ 100 e R$ 150 reais (38,5%), com pagamento em dinheiro (63%), preferencialmente.

Ainda na Capital, a opção de pagamento parcelado escolhida pela maioria foi em até 3 vezes, atingindo 81,8% dos entrevistados. O item decisivo para a compra do presente foi o desconto no preço, ficando em 31,9%. E, por fim, quanto aos que afirmaram que presentearam alguém no ano passado, 66,1% responderam que sim.

Em Araguaína, 72,2% disseram ter a mesma intenção de presentear as mães (61,4%), também com vestuários (25,3%), também adquirindo de 1 a 2 itens (81,4%), realizando essas compras no comércio de rua (66,9%). Entre R$ 50 e R$ 100 reais ficou a pretensão de gasto dos araguainenses (28,2%), que também optaram pelo pagamento em espécie (63,2%).

Ainda em Araguaína, no pagamento parcelado a opção escolhida pela maioria foi em até 3 vezes, acusando 51,2%. O fator decisivo para a compra do presente também foi o desconto no preço, ficando em 34,5%. E 70% afirmaram que presentearam alguém em 2014.

Em Gurupi, constatou-se o maior percentual de intenção: 77,5% confirmaram o desejo de presentear as mães (65,9%). O presente também será com vestuários (27,1%), a quantidade de presentes também ficou de 1 a 2 unidades (92,3%), comprando também no comércio de rua (74%). A pretensão de gasto ficou entre R$ 100 e R$ 150 reais (32,5%). E a preferência da transação também foi unânime: em dinheiro (72,3%).

Ainda em Gurupi, quanto ao pagamento parcelado, a opção escolhida pela maioria foi em até 3 vezes, confirmada com 62,9% dos entrevistados. O fator decisivo de compra do presente foi o desconto no preço, ficando em 43,2%. Finalizando, um total de 68,1% afirmaram que presentearam alguém no ano passado.

Sobre a pesquisa

A pesquisa teve como objetivo permitir aos empresários de Palmas, Araguaína e Gurupi, identificar a expectativa de consumo e conhecer o perfil dos consumidores para o Dia das Mães, a ser celebrado no próximo dia 10 de maio. Em Palmas, foram entrevistadas 401 pessoas de ambos os sexos, com idade a partir dos 16 anos e renda familiar de até R$ 1.000,00. Em Araguaína foram 403 pessoas ouvidas e, em Gurupi, 404 pessoas, também a partir das mesmas faixas, etárias e de renda.