Polí­tica

Foto: Divulgação

Visando dar continuidade à busca pela verdade em defesa dos direitos do cidadão tocantinense e em razão da suspensão dos trabalhos da CPI da Saneatins/Odebrecht Ambiental por meio de Liminar, o deputado Olyntho Neto (PSDB) apresentou, em sessão no plenário da Assembléia Legislativa, nesta quinta-feira, 30, Requerimentos que solicitam informações, antes encaminhados à CPI e todos aprovados por unanimidade em reuniões da Comissão.

“A CPI precisa continuar, investigar, e tem que ter um relatório positivo, pois o assunto é de extrema importância para a população e para todo o Estado do Tocantins. Vamos continuar lutando, fazendo o que for preciso para que os trabalhos da CPI aconteçam, para que as investigações sejam feitas para que a população seja defendida com respeito”, declarou Olyntho.

Na tribuna o deputado lamentou a paralisação dos trabalhos da CPI da Saneatins por decisão judicial. “É a segunda vez que temos a CPI parada na justiça e venho aqui dizer a todos vocês que nos não descansaremos enquanto não concluirmos o trabalho da referida CPI", disse.

Dentre as solicitações do deputado, destacam-se uma auditoria externa para análise da fórmula de reajuste da tarifa cobrada pelos serviços de abastecimento de água e tratamento de esgoto; cópias dos autos da CPI, desde sua primeira instalação, em 2014; documentos com  informações da evolução histórica e atual participação do Estado na estrutura de capital da empresa Odebrecht Ambiental/Saneatins;  todo tipo de prova documental relativa à compra e venda de ações entre o Estado, a EMSA e a Odebrecht;  tudo que for relacionado com a desestatização da Saneatins e ainda cópia de todos os contratos de concessão vigentes com os municípios tocantinenses.

Por: Redação

Tags: Atividade Parlamentar, Olyntho Neto, psdb